ANÁLISE DO ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM CICLISTAS DE MONTES CLAROS - MG

  • Gabriela Carneiro Cardoso Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • João Victor de Araújo Queiroz Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Waldney Roberto de Matos e Ávila Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Hellen Veloso Rocha Marinho Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Resumo

O ciclismo é um dos esportes mais populares do mundo e vem crescendo muito nos últimos anos, tendo como um de seus objetivos o emagrecimento. O Índice de Massa Corporal (IMC) é um dos parâmetros adotados pela Organização Mundial da Saúde para estimar o estado nutricional de cada pessoa. O objetivo do presente estudo foi verificar o Indice de massa corporal de praticantes de  ciclismo de Montes Claros. Foram avaliados 44 ciclistas praticantes de Mountain bike  com idade média de 36,5 (± 11,57) anos e de ambos os sexos, sendo 38 do sexo masculino e 06 do sexo feminino. Os dados foram obtidos através da aplicação de um formulário específico individual contendo questões relativas à anamnese geral, questões sócio-econômicas, caracterização de treino ou prática no ciclismo, processos patológicos, caracterização de lesões. O cálculo do IMC é feito dividindo o peso (em quilogramas) pela altura (em metros) ao quadrado. A classificação dos ciclistas quanto ao estado nutricional foi feito com base nos pontos de corte do IMC adotados pela OMS: < 18,5 - magro ou baixo peso; 18,5 e 24,9 - normal ou eutrófico; entre 25 – 29,9 - sobrepeso; entre 30 e 34,9 obesidade grau I; entre 35 e 39,9 obesidade grau II  e valores superiores à 40 - obesidade grau III. Análise descritiva foi utilizada para caracterizar a amostra e as variáveis categóricas foram apresentadas na forma de frequência absoluta e frequência relativa. Foi obtido como resultado da análise, 1 indivíduo abaixo do peso, 20 indivíduos com peso ideal, 18 com sobrepeso, 4 com obesidade grau 1 e 1 com obesidade grau 2. Portanto, conclui-se que, mais de 50% dos ciclistas entrevistados apresentam peso inadequado,  o que pode predispor ao risco de doenças.

Biografia do Autor

Gabriela Carneiro Cardoso, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Acadêmica do Curso Educação Física - Bacharelado Unimontes.

João Victor de Araújo Queiroz, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Acadêmico do Curso Educação Física - Bacharelado Unimontes.

Waldney Roberto de Matos e Ávila, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Professor do Curso de Educação Física - Bacharelado Unimontes.

Hellen Veloso Rocha Marinho, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Professora do Curso de Educação Física - Bacharelado Unimontes.

Publicado
2020-01-17
Como Citar
Carneiro CardosoG., Victor de Araújo QueirozJ., Roberto de Matos e ÁvilaW., & Veloso Rocha Marinho H. (2020). ANÁLISE DO ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM CICLISTAS DE MONTES CLAROS - MG. Revista Eletrônica Nacional De Educação Física, 2(2), 11. Recuperado de //www.periodicos.unimontes.br/index.php/renef/article/view/422