A CONTRIBUIÇÃO DO FUTEBOL FEMININO NA FAVELA DO MANDELA ANTE DA FALTA DE POLÍTICAS PÚBLICAS

  • Rubens Teixeira da Silva

Resumo

O objetivo do presente trabalho é demonstrar a colaboração do futebol como instrumento de política pública e as contribuições para as pessoas envolvidas e para a comunidade local. A região é cercada de um complexo de favelas, com 44051 moradores residentes, no total de 15 favelas. O projeto tem atuado na região desde 2003, contribuindo com o empoderamento de jovens mulheres, com a diminuição da taxa de maternidade precoce, com a ocupação de crianças, adolescentes e jovens, não os deixando a disposição do tráfico de drogas. Este estudo reuniu informações tratadas através do método qualitativo, utilizou-se de uma pesquisa de campo tratada através da utilização de entrevistas e visitas ao projeto. Os resultados obtidos revelaram a promoção de capacidades de jovens relacionados à interação com a sociedade, racismo, preconceito, sexualidade, drogas e qualidade de vida através da prática de esportes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BODSTEIN, R., ZANCAN, L.; LEITÃO, C, R., et al. Avaliação da implantação do programa de desenvolvimento integrado em Manguinhos: impasses na formulação de uma agenda local. Revista ciência e saúde coletiva, v. 9, n. 3, p. 598, 2004.

BRITO, A.L. A Implantação de infra-estrutura de saneamento na região metropolitana do Rio de Janeiro: uma avaliação das ações do programa de despoluição da baía de guanabara. Revista brasileira de estudos urbanos e regionais, v. 5, n. 1, p. 6, 2003.

BRITO, M. V. Criminalização da pobreza e de defensores de direitos humanos. Cadernos do Ceas, n. 240, p. 238-255, 2017.

BUSATTO, C.; FEIJÓ, J. A era dos vagalumes: o florescer de uma nova cultura política. Canoas: Editora Ulbra, 2006.

CAVALIERI, F.; PERES, G. P. Índice de Desenvolvimento Social - IDS: comparando as realidades microurbanas da cidade do Rio de Janeiro. IPP: Rio de Janeiro, 2008.

_______________; VIAL, A. Favelas na cidade do Rio de Janeiro: o quadro populacional com base no Censo 2010. IPP: Rio de Janeiro, 2012.

COIMBRA, C. M. B. Operação Rio: o mito das classes perigosas — um estudo sobre a violência urbana, a mídia impressa e os discursos de segurança pública. Niterói: Intertexto, 2001.

FABIO, F. P.; BODSTEIN, R., LEITÃO, C. R., et al. Lazer. Esporte e cultura na agenda local: a experiência de promoção da saúde em Manguinhos. Revista ciência e saúde coletiva, v. 10, n. 3, p. 767, 2005.

FERREIRA, R. S. Favela e os espaços monumentalizados: um lugar de memória coletiva e símbolo de resistência. Morpheus: Revista Eletrônica em Ciências Humanas, v. 2, n 3, p. , 2003.

KUHN, C.; SILMA, R. S. Criminalização da pobreza: Um estudo sobre a transformação do Estado social para o Estado penal. Emancipação, Ponta Grossa, v. 16, n. 2, p. 255-272, 2016.

LENOIR, Y.; HASNI, A. La interdisciplinaridade: por um matrimonio aberto de la razón, de la mano y del corazón. Revista Ibero-Americana de Educação, n.35, 2004.

LUCK, H. Gestão educacional: uma questão paradigmática. Vozes, Rio de Janeiro, 2017.

MARIA, T. F.; GAMA, R. R.C. As Comunidades de Manguinhos na História das favelas no Rio de Janeiro. Revista Tempo, v. 19, n. 34, 2012.

NAZARENO, F. B. C. Educação cidadã pelo lazer: a contribuição das políticas públicas de esporte e lazer. Licere, v. 20, n. 1, 2017.

ROBERTO, R. S. A (Des)centralização da Política Nacional de Assistência Social no Contexto das Transformações Societárias. Trabalho apresentado no 5º encontro internacional de política social 12º encontro nacional de política social, Vitória, 2017.

RODRIGUES, L. C.; GUARESCHI, N. Políticas públicas e assistência social: diálogo com as práticas psicológicas. Vozes, Rio de Janeiro, 2009.

SOUZA, Celina. Políticas Públicas: uma revisão da literatura. Revista sociologias, n. 16, p. -45, 2006.

ZALUAR, A; ALVITO, M. Um século de favela. 5 ed. FGV: Rio de Janeiro, 2006.
Publicado
2020-01-23
Como Citar
Teixeira da SilvaR. (2020). A CONTRIBUIÇÃO DO FUTEBOL FEMININO NA FAVELA DO MANDELA ANTE DA FALTA DE POLÍTICAS PÚBLICAS. Revista Desenvolvimento Social, 24(2), 135-144. Recuperado de //www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/573
Seção
Artigos