Popper, Strauss e o Suposto Totalitarismo de Platão

Autores

  • Tiago Azambuja Rodrigues Universidade Federal de Santa Maria
  • José Lourenço Pereira da Silva Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

L. Strauss. K. Popper. Platão-Irônico. Platão-Totalitário.

Resumo

Este trabalho trata do suposto totalitarismo na República de Platão, mais especificamente, da acusação de Karl Popper, em Sociedade Aberta e seus Inimigos, de que o programa político de Platão – oposto à mudança social, à liberdade individual, à justiça isonômica e ao esclarecimento – é francamente totalitário. Discutimos esta tese de Popper à luz da intepretação que apresenta Leo Strauss da República rejeitando qualquer totalitarismo no projeto político da República platônica. Desenvolvendo uma hermenêutica que se poderia chamar de ‘irônico-dissimulatória’ e ‘dramático-cômica’, Strauss advoga que a realização do Estado perfeito idealizado na República é, ao mesmo tempo, indesejado e impossível, uma vez que sua existência requer a abstração do eros e a coincidência entre o poder político e a filosofia. Nosso argumento é que a análise de Strauss dos conceitos de justiça e do paralelismo entre indivíduo e sociedade da República se mostrou mais acurada que a de Popper.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARISTÓFANES. A Revolução das Mulheres. Rio de Janeiro: Zahar, 1996.

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Nova Cultural, 1987.

KLEIN, J. A Commentary on Plato's Menon. The University of North

PLATÃO. A República. Tradução Maria Helena da Rocha Pereira. 13 ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2012.

______. Mênon. Tradução Maura Iglesias. 3 ed. São Paulo: Loyola, 2005.

POPPER, K. A Miséria do Historicismo. Tradução Octany S. da Mota e Leonidas Hegenberg. São Paulo, EDUSP, 1980.

POPPER, K. A sociedade aberta e seus inimigos: o fascínio de Platão. Tradução Milton Amado. 3 ed. São Paulo: Itatiaia, Editora da Universidade de São Paulo, 1987.

STRAUSS, L. La ciudad y el hombre. Buenos Aires: Katz, 2005.

______. The Problem of Socrates: Five Lectures. In: STRAUSS, L. The Rebirth of Classical Political Rationalism. The University of Chicago Press, 1989

______. Seminar on Plato’s Menon. Chicago: University of Chicago, 1966.

THOMPSON, J. A. K. Irony: An Historical Introduction. Cambridge: Harvard University Press, 1926.

VEGETTI, M. Defender Platão de Popper (ou de si mesmo?). In: VEGETTI, M. Um paradigma no céu: Platão político, de Aristóteles ao século XX. Tradução Maria da Graça Gomes de Pina. São Paulo: Annablume, 2010. Cap. 7, p. 193-227.

Downloads

Publicado

2020-10-22

Como Citar

Tiago Azambuja Rodrigues, & José Lourenço Pereira da Silva. (2020). Popper, Strauss e o Suposto Totalitarismo de Platão. Revista Poiesis, 17(2), 58-73. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/poiesis/article/view/3450