FORMAÇÃO INTERDISCIPLINAR EM PEDAGOGIA DO CAMPO

BREVES DISCUSSÕES ACERCA DE SUA FUTURA POTENCIALIZAÇÃO ENQUANTO ESPAÇO EDUCATIVO PARA FORMAÇÃO DE DOCENTES CAMPONESES E QUILOMBOLAS

Autores

  • Vagner Luciano de Andrade

Palavras-chave:

Docência; Ensino Superior; Educação Camponesa; Formação Curricular; Licenciatura.

Resumo

A pedagogia, a ciência formadora de profissionais aptos a atuarem em diferentes níveis de educação é um relevante espaço de discussão teórica do conhecimento pedagógico objetivando efetiva revisão do sistema de ensino e reformulação das políticas educacionais. Atualmente os cursos ofertados vertem para uma formação focada na gestão dos serviços profissionais de apoio escolar e na gestão de espaços escolares e não escolares. Este foco empresarial encontra-se voltado a atender as demandas de educação para o trabalho, dentro da égide urbano-industrial capitalista. Assim demandas especialmente humanizadoras e processos inclusivos que fundamentam a educação em sua essência são negligenciados. Uma das muitas negligências refere-se ao currículo escolar e à formação docente, específicos para atendimento às populações camponesas marginalizadas ao longo da história da sociedade brasileira. Neste sentido, as discussões sociais sobre a legitimidade da educação do campo em todo o país vêm ganhando força nas últimas décadas. O presente trabalho buscar discutir a necessidade de formação de docentes camponeses para as séries iniciais através da ampliação da oferta de cursos presenciais, semipresenciais ou à distância em pedagogia do campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU, Marise Jeudy Moura de; CARNEIRO, Sônia Maria Marchiorato. A relação entre a educação física e a educação ambiental – um estudo na rede municipal de ensino de Curitiba. In: IX Congresso Nacional de Educação – III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia. 26-29. out. 2009. PUC Curitiba. Disponível em <https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2009/2757_1237.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

ALMEIDA, Vasni de (org.). História da educação e método de aprendizagem em ensino de história. Palmas/TO: EDUFT, 2018. 391 p. Disponível em <http://download.uft.edu.br/?d=1c09690c-8a1e-4df2-8e5b-311463586d96;1.0:Hist%C3%B3ria%20da%20educa%C3%A7%C3%A3o%20e%20m%C3%A9todos%20de%20aprendizagem%20em%20ensino%20de%20Hist%C3%B3ria>. Acesso em 13. fev. 2020.

ANDRADE, Vagner Luciano de. Se o campo não roça, a cidade não almoça! Se o campo não planta, a cidade não janta! Repensando os Anos Iniciais na formação do Educador Camponês. In: Jornal Pensar a Educação em Pauta. Faculdade de Educação – Universidade Federal de Minas Gerais. Publicado em 12. abr. 2019. Disponível em <https://pensaraeducacao.com.br/pensaraeducacaoempauta/se-o-campo-nao-roca-a-cidade-nao-almoca-se-o-campo-nao-planta-a-cidade-nao-janta/>. Acesso em 13. fev. 2020.

ARAÚJO, Isabelle Maria Mendes de; OLIVEIRA, Ângelo Giuseppe Roncalli da Costa. Agronegócio e agrotóxicos: impactos à saúde dos trabalhadores agrícolas no nordeste brasileiro. In: Revista Trabalho, Educação e Saúde. vol.15 no.1 Rio de Janeiro Jan./Apr. 2017 Epub Dec 15, 2016. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-774620170117/>. Acesso em 13. fev. 2020.

ASSIS, Renato Linhares de. Desenvolvimento rural sustentável no Brasil: perspectivas a partir da integração de ações públicas e privadas com base na agroecologia. In: Economia Aplicada, vol.10 no.1 Ribeirão Preto, Jan./Mar. 2006. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502006000100005>. Acesso em 13. fev. 2020.

BARBOSA, Márcia Silvana Silveira. O papel da escola: obstáculos e desafio para uma educação transformadora (Dissertação de Mestrado em Educação – Universidade Federal do Rio Grande do Sul). UFRGS, 2004. Disponível em <https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/6668/008093.pdf?sequenc>. Acesso em 13. fev. 2020.

BORGA, Tiago; REGERT, Rodrigo; PEGORARO, Ludimar. O paradigma interdisciplinar do desenvolvimento ambientalmente sustentável. In: Revista Espacios, Vol. 38 (Nº 22) Año 2017. Pág. 8. Disponível em <https://www.revistaespacios.com/a17v38n22/a17v38n21p08.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

CADERNOS SECAD. Educação do Campo: diferenças mudando paradigmas. Disponível em <http://red-ler.org/referencias-educacao-campo.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

CARVALHO, Luciana Carrion; ROBAERT, Samuel; FREITAS, Larissa Martins. A educação do campo no contexto da educação brasileira: questões históricas, políticas e legais. In: VI Seminário Nacional de Formação de Professores. Cartografias da Educação Rural: Perspectivas sobre a formação de professores. Santa Maria/RS: UFSM, 01 e 02 dez. 2015. Disponível em <http://coral.ufsm.br/snfp/images/ANAIS/A%20EDUCA%C3%87%C3%83O%20DO%20CAMPO%20NO%20CONTEXTO%20DA%20EDUCA%C3%87%C3%83O%20BRASILEIRA%20QUEST%C3%95ES%20HIST%C3%93RICAS%20POL%C3%8DTICAS%20E%20LEGAIS%20(3).pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

CASTILHA, Leandro Dalcin. A construção de um sentido de “caipira” no “Jeca Tatu” de Monteiro Lobato. In: Espaço Plural, vol. VIII, núm. 16, enero-junio, 2007, pp. 71-74. Disponível em http://e-revista.unioeste.br/index.php/espacoplural/article/download/1458/1188. Acesso em 17. fev. 2020.

CHACEL, Cristina. Profissão: educadora do campo. In: ecologia dos saberes. Disponível em <https://educezimbra.wordpress.com/2018/01/31/profissao-educadora-do-campo/>. Acesso em 13. fev. 2020.

CORÁ, Maria Amélia Jundurian. Políticas públicas culturais no Brasil: dos patrimônios materiais aos imateriais. In: Revista de Administração Pública. vol.48 no.5 Rio de Janeiro, set./out. 2014. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-761200500002>. Acesso em 13. fev. 2020.

COSTA, Edinária Marinho da; BARBOSA, Elane da Silva; MEDEIROS, Emerson Augusto de. Educação do campo: a emancipação humana a partir da valorização da cultura local. In: Fórum Internacional de Pedagogia – FIPED, Imperatriz/MA, de 09 a 12 de novembro de 2016. Disponível em <http://editorarealize.com.br/revistas/fiped/trabalhos/3a20f6270bab3c602feed.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

CUNHA, Maria Helena Melo da. Gestão cultural: profissão em formação (Dissertação de Mestrado em Educação - Área de concentração: Sociedade, Cultura e Educação. Belo Horizonte: Faculdade de Educação – UFMG. 2005. Disponível em <https://repositorio.AEC-856N9M?mode=full>. Acesso em 13. fev. 2020.

FARIAS, Magno Nunes. FALEIRO, Wender. Educação do campo e as relações étnico-raciais: olhares para o campesinato negro. In: campo-território: Revista de Geografia Agrária, v. 12, n. 26, p. 289-312, abr., 2017.

FRAZÃO, Gabriel Almeida; DÁLIA, Jaqueline de Moraes Thurler. Pedagogia da alternância e desenvolvimento do meio: possibilidades e desafios para a educação do campo fluminense. In: Anais do II Conferência de Desenvolvimento IPEA: Brasilia, 2011.

GOIS, Magaly Nunes de. Educação do e no campo: bandeira de luta dos movimentos sociais e sindicais do campo. In: Anais - JOINPP 2015 - Jornada de Políticas Públicas – UFMA. Disponível em <http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2015/pdfs/eixo3/educacao-do-e-no-campo-bandeira-de-luta-dos-movimentos-sociais-e-sindicais-do-campo.pdf> Acesso em 17. Fev. 2020.

GRUPO PERMANENTE DE TRABALHO DE EDUCAÇÃO DO CAMPO. Referências para uma política nacional de educação do campo: caderno de subsídios / coordenação: Marise Nogueira Ramos, Telma Maria Moreira, Clarice Aparecida dos Santos. - Brasília: Secretaria de Educação Média e Tecnológica, Grupo Permanente de Trabalho de Educação do Campo, 2004.

JACOBI, Pedro. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. In: Cadernos de Pesquisa. no.118 São Paulo, Mar. 2003. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742003000100008>. Acesso em 13. fev. 2020.

LIBANEO, José Carlos and PIMENTA, Selma Garrido. Formação de profissionais da educação: visão crítica e perspectiva de mudança. Educ. Soc. [online]. 1999, vol.20, n.68, pp.239-277.

LIMA, Miguel. A trajetória do negro no brasil e a importância da cultura afro. In: Secretaria de Estado de Educação do Paraná. Disponível em <http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/ s/2010/Historia/monografia/3lima_miguel_nonografia.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

MARQUES, Marta Inez Medeiros. Agricultura e campesinato no mundo e no brasil: um renovado desafio à reflexão teórica. In: paulino, Eliane Tomiasi; FABRINI, João Edmilson (Organizadores). Campesinato e territórios em disputa. 1ª edição .Editora Expressão Popular. São Paulo, 2008. Universidade Federal de São Paulo. Disponível em <http://www2.fct%campesinato.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

MARQUES, Tatyanne Gomes. Ser docente em escolas no/do campo: perfil, condições de trabalho e formação. In: Didática e Prática de Ensino na relação com a Formação de Professores. Editora Universidade Estadual do Ceará. Disponível em <http://www.uece.br/endipe2014/ebooks/livro2/SER%20DOCENTE%20EM%20ESCOLAS%20NO%20DO%20CAMPO%20P0DE%20TRABALHO%20E%C3%87%C3%83O.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

MARTINS, Fernando José. Educação do Campo: processo de ocupação social e escolar. In: Congresso Internacional Pedagogia Social (março/2009). Disponível em <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.ph &script=sci_arttext>. Acesso em 13. fev. 2020.

MEDEIROS, Lucineide Barros. Não vou sair do campo para poder ir pra escola. Educação do Campo é direito e não esmola! In: Revista Revestrés. Disponível em <http://www.revistarevestres.com.br/artigos/nao-vou-sair-do-campo-para-poder-ir-pra-escola-educacao-do-campo-e-direito-mola/>. Acesso em 13. fev. 2020.

MELLO, Guiomar Namo de. Formação inicial de professores para a educação básica; uma (re)visão radical. In: São Paulo em Perspectiva. vol.14 no.1 São Paulo, Jan./Mar. 2000. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-883920100012>. Acesso em 13. fev. 2020.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Decreto nº 7.352 em 04 de novembro de 2010. Disponivel em http://portal.mec.gov.br/docman/marco-2012-pdf/10199-8-decreto-7352-de4-de-novembro-de-2010/file>. Acesso em 13. fev. 2020.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Educar na Diversidade. Disponível em <http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/educarnadiversidade2006.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

NAIFF, Denis Giovani Monteiro; MONTEIRO, Rosa Cristina; NAIFF, Luciene Alves Miguez. O camponês e o agricultor nas representações sociais de estudantes universitários. In: Psico-USF (Impr.). vol.14 no.2 Itatiba Mai/ago. 2009.

ONOFRE, Joelson Alves. Escola, currículo e formação docente: desafios na contemporaneidade. In: Revista Valore, Volta Redonda, 2 (2): 241-251, ago./dez. 2017.

PACHECO, Luci Mary Duso. Educação do campo: valorização da cultura e promoção da cidadania? In: Revista Quaestio, Sorocaba/SP, v. 17, n. 2, p. 425-440, nov. 2015.

PAULINO, Eliane Tomiasi; FABRINI, João Edmilson (Organizadores). Campesinato e territórios em disputa. 1ª edição. Editora Expressão Popular. São Paulo, 2008. Universidade Federal de São Paulo. Disponível em <http://www2.fct.unesp.br/docentes/geo/bernardo/BIBLIOGRAFIA%GRADUACAO/BERNARDO%20MANCANO%20FERNANDES/campesinato.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

POTT, Crisla Maciel. ESTRELA, Carina Costa. Histórico ambiental: desastres ambientais e o despertar de um novo pensamento. In: Estudos Avançados, vol.31 no.89 São Paulo, jan./abr. 2017. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010342017000100271>. Acesso em 13. fev. 2020.

RAMAL, Camila Timpani. O ruralismo pedagógico no Brasil: revisitando a história da educação rural. In: Grupo de Estudos e Pesquisas "História, Sociedade e Educação no Brasil" Faculdade de Educação – UNICAMP. Disponível em <http://www.histedbr.fe.unicamp.br/acer_histedbr/jornada/jornada10/_fiOb.pdf> Acesso em 17. Fev. 2020.

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. Lei Federal nº 9394 de 20 de dezembro de 1996. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>. Acesso em 13. fev. 2020.

RIBEIRO, Gisele Aparecida. et. al. Dialeto caipira x dialeto rural mineiro: um estudo comparativo. In: Ciência et Práxis v. 10, n. 19, 2017. Disponível em http://revista.uemg.br/index.php/praxys/article/download/2655/1502 Acesso em 17. fev. 2020.

RIBEIRO, Marlene. Trabalho e educação no movimento camponês: liberdade ou emancipação? In: Revista Brasileira de Educação v. 14 n. 42 set./dez. 2009. p. 423-439. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n42/v14n42a03.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

RODRIGUES, Geraldo Stachetti. et. al., 2006). Gestão ambiental de atividades rurais: estudo de caso em agro turismo e agricultura orgânica. In: Revista Agrícola, São Paulo, São Paulo, v.53, n.1, p. 17-31, jan./jun. 2006 . Disponível em <http://www.iea.sp.gov.br/ftpiea/publicacoes/asp2-1-06.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

RODRIGUES, Hanslilian Correia Cruz; BONFIM, Hanslivian Correia Cruz. A educação do campo e seus aspectos legais. In: EDUCERE – Congresso Nacional de Educação, V Seminário Internacional de Representações Sociais, Subjetividade e Educação – SIRSSE e o VII Seminário Internacional sobre Profissionalização Docente (SIPD/CÁTEDRA UNESCO, PUC/PR, 2017. Disponivel em https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/25287_12546.pdf> Acesso em 17. Fev. 2020.

SILVA, Luana Lopes da. Ensino religioso afro brasileiro: interfaces do rural e o urbano no ensino fundamental na Escola Quilombola Municipal Antônia do Socorro Silva Machado. – João Pessoa: [s.n.], 2018. 53 f.

SILVA, Yan Victor Leal da. et. al. Entre memórias e experiências: os quintais como espaços de reconstrução das trajetórias de vida em Ibirité, Minas Gerais. In: GÜLLICH, Roque Ismael da Costa (Organizador). Reflexões acerca da etnobiologia e etnoecologia no Brasil [recurso eletrônico] Ponta Grossa/PR: Atena Editora, 2019. Disponível em <https://www.finersistemas.com/atenaeditora/index.php/admin/api/artigoPDF>. Acesso em 13. fev. 2020.

SOUSA, Julienni Lopes de; LIMA, Luana Nunes Martins de. Regionalismo e variação linguística: uma reflexão sobre a linguagem caipira nos causos de Geraldinho. In: Revista do Instituto de Estudos Brasileiros. no.72 São Paulo Jan./Apr. 2019 Epub June 10, 2019.

SOUZA, Maria Antônia de. Educação do campo: políticas, práticas pedagógicas e produção científica. In: Educação & Sociedade. vol.29 no. 105 Campinas ,set./dez. 2008.

SOUZA, Maria do Rosário. A contribuição do projeto político-pedagógico para a formação da identidade das escolas do campo: um estudo sobre o subsistema de Maricoabo - Valença-Bahia (Dissertação de Mestrado em Educação do Campo). Universidade Federal do Recôncavo da Bahia: Amargosa-BA, 2016.

STALLIVIERI, Luciane. O sistema de ensino superior do brasil características, tendências e perspectivas. In: Arquivos UCS: Caxias do Sul/RS, 2006.

TORQUATO, Rosane Andrade. et. al. Pedagogia social - o pedagogo em atividades socioeducativas. In: In: XII Congresso Nacional de Educação. 26-29. out. 2015. PUC Curitiba. Disponível em <https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/19899_9696.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Projeto político pedagógico do curso de graduação em licenciatura em educação do campo. Faculdade UnB Planaltina – FUP: março de 2018. Disponível em <http://fup.unb.br/wp-content/uploads/2019/02/PPC_-Educacao-do-Campo-Em-implementacao.pdf>. Acesso em 13. fev. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA. Estrutura Curricular do Curso de Pedagogia com habilitação em Educação do Campo. Disponível em <https://sigaa.ufpb.br/sigaa/public/curso/curriculo.jsf> Acesso em 17. fev. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Licenciatura da UFMG forma professores para atuarem no campo. Disponível em <https://ufmg.br/comunicacao/noticias/licenciatura-da-ufmg-forma-professores-para-atuarem-no-campo>. Acesso em 13. fev. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Matriz curricular do Curso de Educação do campo – habilitações Ciências Humanas e Ciências naturais. Disponível em <http://www.educacaodocampo.saomateus.ufes.br/sites/educacaodocampo.saomateus.ufes.br>. Acesso em 13. fev. 2020.

WANDERLEY, Maria de Nazareth Baudel. O campesinato brasileiro: uma história de resistência. In: Revista de Economia e Sociologia Rural, vol.52 supl.1 Brasília, 2014.

Downloads

Publicado

2020-03-25

Como Citar

Luciano de Andrade, V. (2020). FORMAÇÃO INTERDISCIPLINAR EM PEDAGOGIA DO CAMPO: BREVES DISCUSSÕES ACERCA DE SUA FUTURA POTENCIALIZAÇÃO ENQUANTO ESPAÇO EDUCATIVO PARA FORMAÇÃO DE DOCENTES CAMPONESES E QUILOMBOLAS. Revista Ciranda, 4(1), 21-40. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/ciranda/article/view/1569

Edição

Seção

Artigos