O avanço da urbanização no Oeste Baiano: novos núcleos de povoamento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/rc24482692202110%20

Palavras-chave:

Urbanização regional. Modernização acelerada. Aglomerações urbanas.

Resumo

Este artigo busca discutir sobre as novas dinâmicas da urbanização no oeste da Bahia. Para tanto, analisou-se os núcleos de povoamento que vêm apresentando um rápido crescimento urbano e populacional como reflexo da modernização acelerada, impulsionada pelo agronegócio e por meio das políticas públicas recentes nos subespaços dessa região. A metodologia pautou-se num levantamento de dados em campo, bem como em fontes secundárias, visando refletir sobre a alteração das formas e conteúdos do sistema urbano regional, a partir das últimas décadas, sobretudo em função da presença de novos objetos técnicos e informacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suelí Almeida dos Santos, Secretaria de Educação da Bahia - SEC-BA, Santana (BA), Brasil

É Graduada, Mestra e Doutora em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atualmente é Professora de Geografia na Educação Básica da Rede Estadual da Bahia.

Referências

AGROEMDIA. AGROEMDIA. 2018. Disponível em: https://agroemdia.com.br/2018/05/11/ba-distrito-de-rosario-deve-se-emancipar-e-ser-municipio-prospero-preve-estudo/. Acesso em: 19 de junho de 2019.

ALVES, V. E. L. Mobilização e Modernização nos Cerrados Piauienses: Formação Territorial no Império do Agronegócio. 2006. 320 f. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

ALVES, V. E. L. “Modernização agropecuária e urbanização na região de cerrados do centro-norte do Brasil”. In: ALVES, V. E. L. (org.). Modernização e Regionalização nos Cerrados do centro-Norte do Brasil: Oeste da Bahia, Sul do Maranhão e Piauí e Leste de Tocantins. Rio de Janeiro, Consequência Editora, 2015.

BARCELLOS, V. As supernovas: duas futuras cidades brasileiras. Paisagem Ambiente: Ensaios, N. 29, p.227-247, São Paulo, 2011.

CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional). Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável - PDRS: Oeste da Bahia - Salvador, 1997.

CHRISTALLER, W. Central Places in Southern Germany. Prentice-Hall: Inc. Englewood Cliffs, 1966.

CONTEL, F. Território e finanças: técnicas, normas e topologias bancárias no Brasil. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Censos Demográficos, 2000; 2010. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br>.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Estimativa da população, 2019. Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/tabela/6579>.

ILÁRIO, C. G. Região agrícola competitiva e logística no oeste baiano. Dissertação (Mestrado em Geografia), Instituto de Geociências, Unicamp. Campinas, 2011.

LEÃO, S. O. Padrões espaciais de desenvolvimento urbano, 1500 - 1930. In: SILVA, S. B. M.; LEÃO, S. O.; SILVA, B. C. N. S. Urbanização e metropolização no estado da Bahia: evolução e dinâmica. Salvador: UFBA, 1989. Parte I, pp. 19-183.

PEREIRA, M. F. V.; KAHIL, S. P. Território e agricultura no sudoeste da Amazônia: campo não moderno e produção para o consumo local. Mercator, Fortaleza, v. 9, n. 19, p. 47-64, mai./ago. 2010.

PRADO JUNIOR, C. Formação do Brasil contemporâneo. 23. ed. São Paulo: Brasiliense, [1942], 2008.

SAMPAIO, M. Oeste da Bahia capitalismo, agricultura e expropriação de bens de interesse coletivo. XXI Encontro Nacional de Geografia Agrária “Territórios em disputa: os desafios da Geografia Agrária nas contradições do desenvolvimento brasileiro”. Uberlândia-MG, 15 a 19 de outubro de 2012.

SANTOS FILHO, M. (Coord.) O processo de urbanização no Oeste-Baiano. Recife, SUDENE - DPG. PSU - URB, 1989.

SANTOS, M. O Espaço dividido: Os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos. Rio de Janeiro: Edusp, [1979], 2008.

SANTOS, M. Espaço & Método. 4. Ed. São Paulo: Nobel, 1997.

SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado: fundamentos teóricos e metodológicos da geografia. Ed. Hucitec, São Paulo, [1988] 1996b.

SILVEIRA, M. L. Economia política e ordem espacial: circuitos da economia urbana? In: SILVA, C. A. (org.) Território e ação social: sentidos da apropriação urbana. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011.

TOZI, F. Rigidez normativa e flexibilidade tropical: investigando os objetos técnicos no período da globalização. 2012. 277 f. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

Downloads

Publicado

2021-04-01

Como Citar

SANTOS, S. A. dos. O avanço da urbanização no Oeste Baiano: novos núcleos de povoamento. Revista Cerrados, [S. l.], v. 19, n. 01, p. 230–248, 2021. DOI: 10.46551/rc24482692202110 . Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/cerrados/article/view/3869. Acesso em: 23 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Categorias