Praça das Nações e Parque Ecológico CIMBA em Araguaína/TO: espaços públicos na Amazônia legal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/rc24482692202011

Palavras-chave:

Discurso; Espaço Público; Amazônia.

Resumo

Particularizamos dois recortes espaciais na cidade de Araguaína/TO: Praça das Nações e Parque Ecológico Cimba, que serão pensados à luz da Análise de Discurso francesa, a partir das teorizações de Orlandi (1999) sobre a “ordem do discurso urbano”. Por meio da categoria “organização” produzimos um diálogo com teóricos da geografia e da arquitetura/urbanismo. Definimos aqueles recortes conceitualmente como espaços públicos e problematizamos como são produzidos. Recorremos a um portal de notícias local para enfocar condições de produção, perseguindo o seguinte questionamento: de que modo a ordem do discurso urbano operou efeitos na revitalização daqueles espaços? Percebe-se uma contradição nessa revitalização, já que a “organização” busca inscrever o quê, supostamente, atrapalha a ordem urbana na discursividade da expulsão. Sobre o primeiro espaço, revitaliza-se para ressignificar a infraestrutura precária e expulsar população em situação de rua. Sobre o segundo, revitaliza-se para ressignificar os “vazios urbanos”, impedindo o descarte irregular de lixo. Em ambos, as práticas sociais figuram como subterfúgio para o projeto de urbanização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João de Deus Leite, Universidade Federal do Tocantins – UFT, Araguaína, Tocantins, Brasil

É Graduado no Curso de Letras/Português, pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES); é Mestre e Doutor em Estudos Linguísticos, pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). É Professor Adjunto na Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Miguel Pacífico Filho, Universidade Federal do Tocantins – UFT, Araguaína, Tocantins, Brasil

É Graduado no curso de História pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP); Mestre e Doutor em História, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Professor Associado II na Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Izabel Oliveira de Moraes, Universidade Federal do Tocantins – UFT, Araguaína, Tocantins, Brasil

É Graduada em História, pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Possui Graduação em Letras (Língua Portuguesa e Literaturas), pela Universidade Federal do Tocantins (UFT). Possui Pós-Graduação em Arte e Educação pela Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Referências

BARRETTO, Margarita; GISLON, Milanez. O flâneur revisitado: processos de revitalização urbana e caminhabilidade. Revista Hospitalidade, São Paulo, v. X, n. 1, p. 54 - 77, jun. 2013.

BATISTA, Maurício Nogueira. Notas sobre o problema urbano. Instituto de Pesquisa Econômico Social – Aplicada (IPEA) setor de Documentação, 1969. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/7883. Consulta em 11/06/2020.

BECKER, Bertha K. Novas territorialidades na Amazônia: desafio às políticas públicas. In: Boletim Museu Paraense Emílio Goeldi: Ciências Humanas, vol. 5. P. 17 – 23, 2010.

BECKER, Bertha K. A urbe amazônida: a floresta e a cidade. Rio de Janeiro: Garamond, 2013.

CABRAL, Laíse do Nascimento; CÂNDIDO, Gesinaldo Ataíde. Urbanização, vulnerabilidade, resiliência: relações conceituais e compreensões de causa e efeito. urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, vol. 11.p. 1 – 13, 2019.

CARLOS, Ana Fani. A cidade. São Paulo: Contexto, 1992.

CARLOS, Ana Fani. A produção do espaço urbano: agentes e processos, escalas e desafios. São Paulo: Contexto, 2011.

FERREIRA, Álvaro. A cidade no século XXI – Segregação e banalização do espaço. Rio de Janeiro: Consequência, 2011.

GOMES, Paulo Cesar da Costa. Espaço público, espaços públicos. GEOgraphia, Niterói, v. 20, n. 44, p. 115-119, 2018.

GOMES JUNIOR, Evaldo; NASCIMENTO, Humberto Miranda. A centralidade do município de Araguaína – TO na Amazônia Oriental. In: Anais do XIII Seminário Internacional RII e VI Taller de Editores RIER. Salvador, 01 a 04 de setembro de 2014, p. 1 a 15.

HARVEY, David. Espaços de esperança. São Paulo: Loyola, 2004.

LIMONAD, Ester. Reflexões sobre o espaço, o urbano e a urbanização. GEOgraphia, Niterói, v. 1, n. 1, p. 71-91, 1999.

LEFEBVRE, Henri. A produção do espaço. Trad. Doralice Barros Pereira e Sérgio Martins (do original: La production de l’espace. 4e éd. Paris: Éditions Anthropos, 2000). Primeira versão: início - fev.2006.

MARICATO, Ermínia. Brasil, cidades: alternativas para a crise urbana. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

MARICATO, Ermínia. Para entender a crise urbana. São Paulo: Expressão Popular, 2015.

MOURA, Dulce et.al. A revitalização urbana – contributos para a definição de um conceito operativo. In: Cidades – Comunidades e Territórios. Lisboa, n.0 12/13, 2006, pp. 13- 32.

ORLANDI, Eni. N/O Limiar da cidade. Rua, Campinas, v. 5, Número especial, p. 7-19, 1999.

População reclama do descaso com as principais praças da cidade. In: O Norte – Quem é daqui acessa! Disponível em: http://www.portalonorte.com.br/araguaina/populacao-reclama-do-descaso-com-as-principais-pracas-da-cidade/50988/. Acessado em 30 de outubro de 2019.

Da indústria ao Parque Cimba: pioneiro conta sobre a transformação do espaço. In: O Norte – Quem é daqui acessa! Disponível em: https://www.portalonorte.com.br/noticias/pioneiro-conta-sobre-a-transformacao-da-industria-ao-1o-parque/92991/. Acessado em 30 de outubro de 2019.

ROLNIK, Raquel. O que é cidade. São Paulo: Brasiliense, 1988.

ROSANELI, Alessandro Filla et. al. O conceito de espaço público: sucinta revisão de literatura em artigos dos ENANPUR. In: Anais XVIII ENANPUR, 2019.

SANTOS, Roberto Souza. A construção da rodovia BR – 153 na fronteira e urbanização da cidade de Araguaína, Tocantins. Novos Cadernos NAEA, v. 20, n. 3, p. 97-114; set-dez 2017.

SODRÉ, Reges; RAMIRES, Júlio Cesar de Lima. Contribuições ao estudo de cidades médias: Araguaína, Gurupi e Palmas, no Tocantins. Novos Cadernos NAEA, v. 20, n. 1, p. 169-188, jan-abr 2017.

Downloads

Publicado

2020-08-19

Como Citar

LEITE, J. DE D.; PACÍFICO FILHO, M.; MORAES, I. O. DE. Praça das Nações e Parque Ecológico CIMBA em Araguaína/TO: espaços públicos na Amazônia legal. Revista Cerrados, v. 18, n. 02, p. 100-122, 19 ago. 2020.