O local subordinado ao global: reflexos da guerra dos lugares/guerra fiscal na Região Metropolitana de Campinas (SP)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22238/rc24482692v15n12017p77a97

Palavras-chave:

: Local; global; guerra dos lugares; guerra fiscal; Região Metropolitana de Campinas.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar o fenômeno da Guerra dos Lugares/ Guerra Fiscal, que se tornou prática comum no Brasil a partir do início da década de 1990 e como tal fenômeno se materializa e impacta as cidades que fazem parte da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Prática comum de chantagens e pressão sobre governos, inicialmente relacionada à indústria automotiva, a Guerra dos Lugares/ Guerra Fiscal se tornou hábito entre todo tipo de empresa, em especial as de alcance global, interessadas apenas em defender seus interesses frente ao capital. Pressão a fim de alcançarem benefícios como renúncia fiscal, oferta de terrenos e construção de infraestruturas, tal prática vem acompanhada pelo discurso de incremento na geração de emprego e renda, situações que nem sempre ocorrem. Aumenta-se sim, a arrecadação municipal e o lucro das empresas, fatos que, na maioria dos casos, não refletem em melhorias e desenvolvimento socioeconômico para a população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcio Adriano Bredariol, Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, Campinas, São Paulo, Brasil.

Possui Graduação em Geografia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP – campus de Presidente Prudente) e Mestrado em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente é doutorando em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e Docente do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, CEETEPS.

Referências

BREDARIOL, Márcio Adriano. Itatiba: entre a Região Metropolitana de Campinas e o Aglomerado Urbano de Jundiaí – Contribuições ao estudo do processo de Macrometropolização de São Paulo. 2014. 173 f. Dissertação de Mestrado. Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014.

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DA RMC (Org.). Região metropolitana de Campinas – 10 anos de Integração. Campinas: Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas, A&A&A – Edições e Promoções Internacionais Ltda. 2012. 192 p.

GUNN, Philip. A indústria automobilística nos anos recentes: as inflexibilidades de globalização. In: SANTOS, Milton et al. (org.). O novo mapa do mundo: Fim de século e globalização. São Paulo: Hucitec-ANPUR, [1992] 1997. 3ª ed. p. 251-269.

OLIVEIRA, Luiz Guilherme de. Federalismo e Guerra Fiscal: alguns aspectos, alguns casos. São Paulo: Edições Pulsar, 2000. 109 p.

OJIMA, Ricardo et al. Cidades- dormitório e a mobilidade pendular: espaços da desigualdade na redistribuição dos riscos socioambientais? In: Encontro Nacional de Estudos Populacionais, ABEP, XVI, 2008, Caxambu (MG). Anais... Caxambu: ABEP, 2008. 20 p. Disponível em < http://www.abep.org.br/publicacoes/index.php/anais/article/viewFile/1832/1791 > Acesso em 20/ fev/ 2017.

QUEIROGA, Eugenio Fernandes et al. Sistemas de espaços livres e metrópole contemporânea: reflexões a partir do caso da Região Metropolitana de Campinas. In: Paisagem Ambiente: ensaios – n.° 26 – São Paulo – p. 211-223. 2009. Disponível em < www.revistas.usp.br/paam/article/download/77356/81204 >. Acesso em set/2016.

SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. São Paulo: Edusp, [1993] 2009. 5ª ed., 2ª reimpressão. 174 p.

_______________. Metrópole corporativa fragmentada: o caso de São Paulo. São Paulo: Edusp, [1990] 2009a. 2ª ed. 129 p.

_______________. Por uma economia política da cidade: o caso de São Paulo. São Paulo: Edusp, [1994] 2009b. 2ª ed. 139 p.

_______________ et al. (org.). O novo mapa do mundo: Fim de século e globalização. São Paulo: Hucitec-ANPUR, [1992] 1997. 3ª ed. p. 251-269.

SANTOS, Milton & SILVEIRA, María Laura. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Best Bolso, 2011. 480 p. Livro vira-vira 1. Obras publicadas juntas em sentido contrário. Com: SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal.

TURRA, Juleusa Maria Theodoro. A conquista do território: pequenos municípios e empresas em região de Campinas-SP. 2001. 291f. Tese de Doutoramento. Departamento de Geografia: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

SÍTIOS ELETRÔNICOS CONSULTADOS

CORREIO POPULAR. Para atrair investimentos, Paulínia reabre Guerra Fiscal na RMC. 26/ jan/ 2011. In: Portal dos Trabalhadores – SindMetal (Jaguariúna, Amparo, Pedreira, Serra Negra e Monte Alegre do Sul). Notícias. 2011. Disponível em < http://www.portaldostrabalhadores.com.br/news-pt-br/2011-01-26/para-atrair-investimentos-paulinia-reabre-guerra-fiscal-na-rmc >. Acesso em 16/ out/ 2016.

MÁXIMO, Luciano. Guerra Fiscal dobra PIB de Hortolândia. In: Associação Paulista de Estudos Tributários (APET). Notícias. São Paulo, 2009. Diponível em < http://apet.org.br/noticias/ver.asp?not_id=10106 >. Acesso em 16/ out/ 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE AMERICANA. PROMAIE. Disponível em < http://www.americana.sp.gov.br/v6/portal_sde/site_sde.php?a=promaie >. Acesso em 15/ out/ 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS. Região Metropolitana. Campinas: 2006. 17 p. Disponível em < http://www.campinas.sp.gov.br/governo/seplama/plano-diretor-2006/doc/tr_rmc.pdf >. Acesso em 15/ out/ 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS. Incentivos fiscais. Disponível em < http://www.campinas.sp.gov.br/governo/financas/incentivos_fiscais/ >. Acesso em 16/ out/ 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIATUBA. Legislação: Leis de Incentivo Fiscal. Disponível em < http://www.indaiatuba.sp.gov.br/governo/assuntos-industriais/industria-comercio-e-servicos/incentivos-fiscais/legislacao/ >. Acesso em 16/ out/ 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATIBA. Planejamento e Desenvolvimento: PROGRIDE. Disponível em < http://www.itatiba.sp.gov.br/Planejamento-e-Desenvolvimento/progride-programa-de-incentivo-ao-desenvolvimento-economico.html >. Acesso em 15/ out/ 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA BÁRBARA D’OESTE. PID – Programa de Incentivo ao Desenvolvimento. Disponível em < http://www.santabarbara.sp.gov.br/desenvolvimento/index.php?pag=pid_o_que_e >. Acesso em 16/ out/ 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VALINHOS. Desenvolvimento Econômico: PRODEVAL. Disponível em < www.valinhos.sp.gov.br >. Acesso em 15/ out/ 2016.

TODO DIA. 78% das cidades da região adotam mecanismos para atrair investimentos. 04/ jul/ 2013. In: Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp). Notícias: RMC. Campinas, 2013. Disponível em: < http://www.agemcamp.sp.gov.br/78-das-cidades-da-regiao-adotam-mecanismos-para-atrair-investimentos/ >. Acesso em 16/ out/ 2016.

Downloads

Publicado

2017-06-30

Como Citar

BREDARIOL, M. A. O local subordinado ao global: reflexos da guerra dos lugares/guerra fiscal na Região Metropolitana de Campinas (SP). Revista Cerrados, [S. l.], v. 15, n. 01, p. 77–97, 2017. DOI: 10.22238/rc24482692v15n12017p77a97. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/cerrados/article/view/1336. Acesso em: 4 jul. 2022.