ZONEAMENTO EDAFOCLIMÁTICO DA CULTURA DO MELÃO

Palavras-chave: Cucumis melo. Reserva de água. Olerícolas. Índice de Satisfação da Necessidade de Água.

Resumo

A cultura do melão é uma das culturas hortícolas brasileiras, devido ao seu potencial produtivo e papel sócio econômico. Sendo de fácil e tendo necessidade de zoneamento das condições climáticas e assim recomendar para o Estado de Goiás e o Distrito Federal, podendo assim realizar sua semeadura. O presente trabalho utilizou o programa Sarazon para a realização do balanço hídrico da cultura do melão, para as datas de semeadura do 2º, 4º e 6º quinquídios dos meses de agosto, setembro e outubro e relação às reservas de água no solo de 50 mm e 75 mm. Os dados foram espacializados utilizando-se o programa SPRING 4.3. Observou-se que os produtores estão realizando na pratica o que pode ser demonstrado na teoria que o período de 16-20 de outubro é o mais indicado para semeadura em solos de 50 mm de reserva de água e 06-10 de outubro o início da semeadura em solo de 75 mm de reserva de água para o cultivo do melão e ter adequada rentabilidade.

 

EDAFOCLIMATIC ZONING OF THE MELON CULTURE

ABSTRACT

 The melon culture is one horticultural brazilian crops, due to its productive potential and socioeconomic role. Being easy to handle have need for zoning from climatic conditions and recommend to the State of Goiás and Distrito Federal, so it can perform sowing The present study utilized the program Sarazon, to achieve the water balance of the melon crop to the sowing dates of the 2nd, 4th and 6th quinquidial of the months of August, September and October and about the reserves of soil water of 50 mm and75 mm. The data were spatially using the program SPRING 4.3. It was noted that producers are engaged in practices that can be demonstrated in theory, that the period of october 16-20 is the most suitable for sowing in soil of 50 mm of water supply and the beginning of october 06-10 sowing in soil of 75 mm of water supply for growing melon and have adequate profitability.

Keywords: Cucumis melo, Water reserve, Vegetables, Water Need Satisfaction Index.

 

ZONIFICACIÓN EDAFOCLIMÁTICA DE LA CULTURA DEL MELÓN

RESUMEN

El melón es uno de los cultivos hortícolas brasileños debido a su potencial productivo y su rol socioeconómico. Siendo de fácil y teniendo necesidad de zonificación de las condiciones climáticas y así recomendar para el Estado de Goiás y el Distrito Federal, pudiendo así realizar su siembra. El presente trabajo utilizó el programa Sarazon para realizar el balance hídrico de la cosecha de melón, para las fechas de siembra de los quintos, quintos y quintos de los meses de agosto, septiembre y octubre, y para las reservas de agua en el suelo de 50 mm. 75 mm. Los datos se espacializaron utilizando el programa SPRING 4.3. Se observó que los productores están realizando en la práctica lo que se puede demostrar en la teoría de que el período del 16 al 20 de octubre es el más adecuado para la siembra en suelos de reserva de agua de 50 mm y del 6 al 10 de octubre al comienzo de Siembra en suelo de 75 mm de reserva de agua para el cultivo de la sandía y para tener una rentabilidad adecuada.

Palabras clave: Cucumis melo, Reserva de agua, Vegetales, Índice de Satisfacción de Necessidad de Agua.

Biografia do Autor

André Luiz Ribas de Oliveira, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Anápolis, Goiás, Brasil

Possui Graduação em Engenharia Agronômica, Mestrado em Agronomia e Doutorado em Agronomia, todos cursados pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente é Professor da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Vandervilson Alves Carneiro, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Anápolis, Goiás, Brasil

Possui Graduação em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/Presidente Prudente), Mestrado e Doutorado em Geografia, ambos cursados pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente é Professor da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Sandra Máscimo da Costa e Silva, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Anápolis, Goiás, Brasil.

Possui Graduação, Mestrado e Doutorado em Agronomia, todos cursados pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente é Professora da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

João Carlos Mohn Nogueira, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Anápolis, Goiás, Brasil.

Possui Graduação e Mestrado em Agronomia, ambos cursados pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente é Professor da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Renata Gonçalves Lacerda Oliveira, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Anápolis, Goiás, Brasil.

Possui Graduação e Mestrado em Matemática, ambos cursados pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente é Professora da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Referências

ANDRADE JÚNIOR, A. S.; SENTELHAS, P. C.; LIMA, M. G.; AGUIAR, M. J. N.; LEITE, D. A. S. R. Zoneamento agroclimático para as culturas de milho e de soja no estado do Piauí. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, 2001. v.9 n.3, p. 544-550

ARAÚJO, J. P. Cultura do melão. Petrolina, PE: EMBRAPA Agropecuária para o Trópico 348 Semiárido, 1980. 40 p.

ASSAD, E. D.; SANO, E. E.; MASUTOMO, R.; CASTRO, L. H. R.; SILVA, F. A. M. Veranicos na região dos cerrados brasileiros: frequência e probabilidade de ocorrência. In: ASSAD, E. D. Chuva nos cerrados: análise e espacialização. Brasília: Embrapa – CPAC: Embrapa – SPI, 1994. p. 43-48.

BERNARDO, S.; SOARES, A. A.; MANTOVANI, E. C. Manual de irrigação. Viçosa: UFV, 2006. 625p.

BRUNINI, O.; ZULLO JÚNIOR, J.; PINTO, H. S.; ASSAD, E.; SAWAZAKI, E.; DUARTE, A. P.; PATTERNIANI, M. E. Z. Riscos climáticos para a cultura de milho no estado de São Paulo. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, 2001. v.9 n.3, p. 519-526

CASTRO, L. H. R.; MOREIRA, A. M.; ASSAD, E. D. Definição e regionalização dos padrões pluviométricos dos cerrados brasileiros. In: ASSAD, E. D. Chuva nos cerrados: análise e espacialização. Brasília: Embrapa – CPAC: Embrapa – SPI, 1994. p. 13-23.

COSTA, N. D. A cultura do melão. 2. ed. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica; Petrolina: Embrapa Semiárido, 2008. 191 p.

COSTA, N. D. O Cultivo do Melão - 2005/2007. Disponível em: http://www.hortibrasil.org.br/jnw/images/stories/Melao/m.69.pdf. Acesso em: 18 mar. 2016.

CUNHA, G. R.; BARNI, N. A.; HAAS, J. C.; MALUF, J. R. T.; MATZENAUER, R.; PASINATO, A.; PIMENTEL, M. B. M.; PIRES, J. L. F. Zoneamento agrícola e época de semeadura para soja no Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, 2001. v.9 n.3, , p. 446-459 2001

EAGLEMAN, A. M. An experimentaly derived model for actual evapotranspiration. Agricultural Meteorology, v.8, n.4/5, p.385-409, 1971.

FAERN. FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Perfil do Agronegócio no Rio Grande do Norte. Natal, 2007.

FAO. FAOSTAT Agriculture data. Agricultural production. Crops primary. Disponível em: <http://apps.fao.org/page/collections> Acesso em: 25 de outubro de 2002

FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 3. ed. Viçosa/MG: UFV, 2008. 402 p.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010. Disponível em: http://censo2010.ibge.gov.br/en/. Acesso em: 18 mar. 2016

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades - 2012. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/uf.php?lang=&coduf=51&search=mato-grosso. Acesso em: 18 mar. 2016

LOBATO, E. J. V.; SACRAMENTO, G. L.; ANDRADE, R. S.; ALEIXO, V.; GONÇALVES, V.A. Atlas climatológico do Estado de Goiás. Goiânia: Ed. da UFG, 2002, 99p.

MALUF, J. R. T.; CUNHA, G. R.; MATZENAUER, R.; PASINATO, A.; PIMENTEL, M. B. M.; CAIAFFO, M. R. Zoneamento de riscos climáticos para a cultura de feijão no Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, 2001. v.9 n.3, p. 468-476 2001a

MALUF, J. R. T.; CUNHA, G. R.; MATZENAUER, R.; PASINATO, A.; PIMENTEL, M. B. M.; CAIAFFO, M. R.; PIRES, J. L. F. Zoneamento de riscos climáticos para a cultura de milho no Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, 2001. v.9 n.3, p. 460-467 2001b

MEDINA, J. C.; GARCIA, J. L. M.; MARTIN, Z. J.; KATO, K.; TERUO, P.; TURATTI, J. M.; SANTOS, L. C.; SILVA, M. T. C.; CANTO; W. L.; BICUDO NETO, L. C.; MORETTI, V. A. Coco: da cultura ao processamento e comercialização. Campinas: ITAL, 1980.

MORAES, S. R. P.; OLIVEIRA, A.L.R.; MILHOMEM, A. V.; BORGES, E. V.; RIBEIRO, B. R. C. Zoneamento edafobioclimático do Milheto e da Suinocultura no Estado de Goiás. Enciclopédia Biosfera, v. 8, p. 01-11, 2012.

MORAES, S. R. P.; OLIVEIRA, A.L.R.; MILHOMEM, A. V.; GOMES, N. R.; PONTES, C. Zoneamento Edafobioclimático do Trigo e da Suinocultura no Estado de Goiás. Revista Mirante (UFG), v. 8, p. 130-148, 2015.

MORAES, S. R. P.; OLIVEIRA, A.L.R.; SILVA, C. M.; CASTRO, R. A. Zoneamento edafoclimático da cultura do Milheto. Enciclopédia biosfera, v. 11, p. 7, 2010.

MORAES, S. R. P.; OLIVEIRA, A. L. R. Zoneamento climático para Suinocultura no Estado de Goiás. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, v. 12, p. 1-11, 2011.

MORAES, S. R. P.; OLIVEIRA, A. L. R.; GOMES, N. R.; PONTES, C. Zoneamento Edafobioclimático do Sorgo e da Avicultura no Estado de Goiás. Revista Mirante (UFG), v. 9, p. 100-111, 2016.

NIMER, E. Climatologia do Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 1979, 422 p.

OLIVEIRA, A. L. R. Risco climático e fator de resposta das culturas da cana-de-açúcar e do trigo para o Estado de Goiás e do Distrito Federal. 2006. 99p. Tese (Doutorado em Agronomia) Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2006.

OLIVEIRA, A. L. R.; MORAES, S. R. P.; GOMES, N. R.; PONTES, C. Zoneamento Edafobioclimático do Milheto e da Avicultura no Estado de Goiás. Revista Mirante (UFG), v. 9, p. 117-128, 2016.

OLIVEIRA, A.L.R.; MORAES, S. R. P.; CURI, T. V.; GILL NETO, A. G.; SANTOS, D. G. Zoneamento Agroclimático da Banana para o Estado de Goiás. Enciclopédia biosfera, v. 6, p. zoneamento agro, 2010a.

OLIVEIRA, A.L.R.; MORAES, S. R. P.; GILL NETO, A. G. Zoneamento edafoclimático da cultura da Melancia. Enciclopédia biosfera, v. 11, p. 6, 2010b.

OLIVEIRA, A.L.R.; MORAES, S. R. P.; GILL NETO, A. G.; RIBEIRO, A. M.; CURI, T. V. Zoneamento Agroclimático do Trigo para o Estado de Goiás. Enciclopédia biosfera, v. 6, p. zoneamento, 2010c.

OLIVEIRA, A.L.R.; MORAES, S. R. P.; Oliveira, K. P.; MENDANHA, J. S.; RODRIGUES, J. S. Zoneamento edafoclimático da cultura do Mamão. Enciclopédia Biosfera, v. 8, p. 01-9, 2012.

PINTO, J. M.; SOARES, J. M.; PEREIRA, J. R.; COSTA, N. D.; BRITO, L. T. L.; FARIA,C. M. B.; MACIEL, J. L. Sistema de cultivo de melão com aplicação de fertilizantes via água de irrigação. Embrapa-CPATSA. Petrolina/PE: Embrapa-CPATSA/Petrobrás, 1996. 24p.

SANS, L. M. A.; ASSAD, E. D.; GUIMARÃES, D. P.; AVELLAR, G. Zoneamento de riscos climáticos para a cultura de milho na Região Centro Oeste do Brasil e para o estado de Minas Gerais. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, 2001. v.9 n.3, p. 527-535

SANTOS, A. A.; CRISÓSTOMO, J. R.; CARDOSO, J. W. Avaliação de híbridos de melão 476 quanto as principais doenças nos Estados do Ceará e Rio Grande do Norte. Fortaleza: 477 EMBRAPA, Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, n.16, 2004. 14 p.

SCHENKEL, A. A olericultura como uma opção para o pequeno estabelecimento rural: a possibilidade de produção para o mercado não me-toquense., v. 3, n. 6, p. 57-73,1995.

SILVA, F. A. M.; ASSAD, E. D. Análise espaço-temporal do potencial hídrico climático do estado de Goiás. In: ASSAD, E. D.; Sano, E. E. Sistema de informações geográficas: aplicações na agricultura. Brasília: EMBRAPA/SPI, 1998, p.273-309.

SILVA, H. R; COSTA, N. D.; CARRIJO, O. A. Exigências de clima e solo e épocas de plantio. In: SILVA, H. R.; COSTA, N. D. Melão: Produção e aspectos técnicos. Brasília: Embrapa Hortaliças, 2003. p. 23-28.

SILVA, S. C. Estudo e análise espaço-temporal do risco climático no arroz de sequeiro, em áreas constituidas de areia quartzoza e latossolo, no Estado de Goiás. 1997. 78p. Dissertação (Mestrado em Meteorologia Agrícola)-Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 1997.

TAVARES, S. C. C. de H. Melão, fitossanidade: aspectos técnicos. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2002. 87 p.

TERAMOTO, E. R. Avaliação e aplicação de modelos de estimativa de produção de cana-de-açúcar (saccharum spp.) baseados em parâmetros do solo e do clima. 2003. 86 p. Tese (Doutorado) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, 2003.

Publicado
2019-12-31
Como Citar
OliveiraA. L. R. de, CarneiroV. A., SilvaS. M. da C. e, NogueiraJ. C. M., & OliveiraR. G. L. (2019). ZONEAMENTO EDAFOCLIMÁTICO DA CULTURA DO MELÃO. Revista Cerrados, 17(02), 212-227. https://doi.org/10.22238/rc2448269220191702212227