O fenômeno da educação na construção da história

The phenomenon of education in the construction of history

Autores

  • Genaro Alvarenga Fonseca Universidade Estadual Paulista (UNESP-Franca-SP)
  • Vânia de Fátima Martino Universidade Estadual Paulista (UNESP-Franca-SP)

Palavras-chave:

Pedagogia, educação, filosofia, Grécia antiga, história

Resumo

Os princípios da Educação surgiram como norteadores dos direcionamentos da construção da civilização interferindo inclusive nos rumos da História. Na antiga Grécia todo ideal de cidadania refletia-se no que chamavam de Arete, ou seja, a virtude que todo cidadão deveria cultivar. A partir das reflexões dos primeiros pensadores e filósofos chegou-se a conclusão que este ideal
não era apenas inato, mas deveria ser ensinado. O nascimento da Paidéia na antiga Grécia demarcou o primeiro degrau no campo da Educação representando desta forma seu significado primordial. A partir daí a própria denominação Paidéia foi de certa forma adulterada para “Pedagogia”, quando a ideia original de formação de pensamento de homens livres foi sendo paulatinamente substituída pela prática de conduzir as gerações futuras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Genaro Alvarenga Fonseca, Universidade Estadual Paulista (UNESP-Franca-SP)

Professor do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas – UNESP campus de
Franca.

Vânia de Fátima Martino, Universidade Estadual Paulista (UNESP-Franca-SP)

Professora do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas – UNESP campus de
Franca.

Referências

CAMBI, F. História da pedagogia. Trad. Álvaro Lorencini. São Paulo: Unesp, 1999.

DILTHEY, W. Introducción a las ciências del espítitu. Trad. Julián Marias.

Prólogo José Ortega Y Gasset. Madrid: Alianza Editorial, 1980.

GADAMER, H. G. Verdade e método. Trad. Flávio Paulo Meurer. Petrópolis: Vozes, 1997.

HEGEL, G. W. F. Introdução à filosofia da história. Trad. Orlando Vitorino. 4.

ed. São Paulo: Nova Cultural, 1988.

JAEGER, W. Paidea, a formação do homem grego. Trad. Artur M. Pereira.

São Paulo: Martins Fontes, 1979.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. Trad. Carlos Alberto

Ribeiro de Moura. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

NUNES, C. A. Prefácio. In: PLATÃO. Diálogos. Trad. Carlos Alberto Nunes.

Belém: Universidade Federal do Pará, 1980. vol. III e IV.

PLATÃO. Apologia a Sócrates. São Paulo: Nova Cultural, 1999.

______. Diálogos. Trad. Carlos Alberto Nunes. Belém: Universidade Federal do Pará, 1980. v. III e IV.

POPPER, K. R. A sociedade aberta e seus inimigos. Trad. Milton Amado. Belo Horizonte: Itatiaia, 1974.

Downloads

Publicado

2013-01-02

Como Citar

Alvarenga Fonseca, G., & de Fátima Martino, V. (2013). O fenômeno da educação na construção da história: The phenomenon of education in the construction of history. Revista Caminhos Da Historia, 18(1), 185–200. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/caminhosdahistoria/article/view/3286

Edição

Seção

Artigos Livres