Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Diretrizes para Autores

Diretrizes para Autores

  1. Apresentação

Caminhos da História é uma publicação semestral do Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

  1. Política editorial

2.1. Titulação mínima para publicação

Mestrado completo é a titulação mínima exigida para os/as autores/as.

Excepcionalmente serão aceitas colaborações enviadas por mestrandos/as (quando em coautoria com mestres ou doutores). Além de trabalhos em português, a revista aceita tambén contribuições em inglês e espanhol.

A revista recebe, apenas, textos de no máximo 2 coautores.

2.2. Tipos de trabalhos publicados

Aceita trabalhos inéditos sob a forma de artigos, ensaios e resenhas de livros em História. No entanto, está aberta a contribuições de outras áreas do conhecimento, desde que os artigos submetidos tenham vínculos explícitos com  história.  

Os trabalhos podem ser propostos em português, espanhol ou inglês, desde que apresentados originalmente à revista.

2.3. Avaliação dos trabalhos

A decisão sobre a publicação cabe à Comissão Editorial, que recusará preliminarmente os trabalhos que não se adequarem ao escopo e às normas da revista. Os que atenderem a tais requisitos serão enviados a pareceristas externos, seguindo o sistema blind review, em que as identidades do autor e dos pareceristas são mutuamente omitidas.

Os pareceristas podem indicar:

  1. a) a publicação do trabalho em sua forma atual;
  2. b) a publicação com modificações pontualmente sugeridas;
  3. c) a reapresentação do trabalho para nova avaliação após a realização de modificações substanciais, ou
  4. d) a recusa da publicação.

Não serão admitidos acréscimos ou modificações depois que os trabalhos forem entregues para composição.

2.4. Direitos e responsabilidade autorais

Com o envio de seus trabalhos, os autores cedem integralmente seus direitos autorais à Caminhos da História. A revista não está obrigada a devolver os originais recebidos. As afirmações e conceitos emitidos nos trabalhos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

  1. Envio dos trabalhos

3.1. Pelo sítio da Revista (https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/caminhosdahistoria/about/submissions). Neste caso, o autor deve seguir as instruções contidas nos “Submissões Online”.

  1. Formatação dos trabalhos

4.1. Dimensões dos textos

Colaborações devem ser digitadas em Word ou programa compatível.

Artigos devem conter entre 6 mil e 10 mil palavras (incluindo título, notas de rodapé e bibliografia).

Resenhas de livros devem ter até 3.000 palavras (incluindo título, notas de rodapé e bibliografia).

Os artigos devem conter versões do título em português, inglês e espanhol sendo acompanhados de um resumo contendo entre 150 e 200 palavras, em português, inglês e espanhol contendo de forma clara uma síntese de propósitos, dos métodos empregados e das principais conclusões do trabalho, além de cinco palavras-chave em português, inglês e espanhol (separadas por ponto e vírgula

Os artigos e resenhas devem conter, também, informações sobre a autoria do artigo (tais como, os seguintes metadados: nome completo sem abreviações, titulação acadêmica, filiação institucional, programa de pós-graduação stricto-sensu ao qual se vincula, cargo que ocupa, endereço eletrônico e número de registro ORCID iD).

4.2. Notas de rodapé e citações

As notas deverão ser de natureza substantiva, aparecendo no rodapé, preferencialmente sem ultrapassar 6 linhas e restringindo-se a comentários adicionais ao texto. Citações bibliográficas no próprio texto deverão seguir a forma (Autor, data, página).

4.3. Referências bibliográficas

Ao final do artigo deverão ser listadas as referências bibliográficas, em ordem alfabética, observando-se as regras da ABNT (NBR 6023:2002), exemplificadas nos modelos abaixo:

Livro:

FONSECA, Claudia. Família, fofoca e honra: etnografia de relações de gênero e violência em grupos populares. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2000. 125 p.

BACHELARD, Gaston. La terre et les rêveries de la volonté. Paris: Libraire José Corti, 1984.

FENTRESS, James; WICKHAM, Chris. Memória social: novas perspectivas sobre o passado. Lisboa: Teorema, 1992, 278 p.

Capítulo de livro:

CATROGA, Fernando. Memória e História. In: PESAVENTO, Sandra (Org). Fronteiras do milênio. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2001, p.43-69.

ABREU, Martha Campos. Mulatas, crioulos and morenas: racialized gender in the love songs of pós-abolition, Brasil, 1890-1920. In: SCULLY, Pamela; PATTON, Diana (Orgs.). Gender and slave emancipation in the Atlantic world. Durham: Duke University Press, 2005, p.267-289.

Artigo em periódico:

CARVALHO, José Murilo de. República, democracia e federalismo no Brasil, 1870-1891. Varia Historia, Belo Horizonte. v.27, n. 45, p.395–423, jan./jun. 2011. 

Tese ou dissertação:

SALLES, Bruno Tadeu Salles. Constituir a amizade, romper os vínculos, estabelecer o compromisso: a dinâmica dos equilíbrios senhoriais sob a perspectiva das comendadorias templárias de Vaour, Richerenches e Bayle (séc. XII e XIII). Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2013.

Trabalhos apresentados em eventos:

PRADO, Danda. Maternidade: opção ou fatalidade? In: SEMINÁRIO SOBRE DIREITOS DA REPRODUÇÃO HUMANA, 1, 1985, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ALERJ/Comissão Especial dos Direitos da Reprodução, 1985. p. 26-29.

Artigos em jornais:

GLEISER, Marcelo. Newton, Einstein e Deus. Folha de São Paulo, São Paulo, p. A-23, 13 jun. 2010.

Texto disponível na internet:

BENTIVOGLIO, Julio. Precisamos falar sobre o currículo de História. Café História, 15 mai. 2017. Disponível em:  https://www.cafehistoria.com.br/curriculo-de-historia/. Acesso em: 18 abr. 2019.

Ocorrências do mesmo autor:

Obras do mesmo autor referenciadas sucessivamente na mesma página devem ser substituídas, nas referências posteriores à primeira, por um espaço sublinear (equivalente a seis espaços) e ponto. Exemplo:

KOSELLECK, Reinhart. Futuro Passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto Editora, 2006.

______. Estratos do tempo: estudos sobre História. Rio de Janeiro: Contraponto Editora, 2.ed., 2014.

 

Obras do mesmo autor publicadas no mesmo ano devem ser diferenciadas com o uso de letras logo após a data, sem espaço. Exemplo:

RICOEUR, Paul. Escritos e conferências 2: hermenêutica. São Paulo: Edições Loyola, 2011a

______. Hermenêutica e ideologias. Coleção "Textos Filosóficos". 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2011b.

4.4. Não serão aceitos artigos ou resenhas fora das normas estipuladas acima.

Artigos Temáticos

Política padrão de seção

Artigos Livres

Política padrão de seção.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.