Traçados históricos da prática do Gateball no Brasil: o caso de Ivoti/RS (1980-2010)

Historical outlines of Gateball practice in Brazil: the case of Ivoti / RS (1980-2010)

Autores

Palavras-chave:

Gateball, Colônia Japonesa, Prática Corporal, História Cultural, História do Esporte

Resumo

O presente estudo objetivou investigar como transcorreu a prática do Gateball na colônia japonesa de Ivoti, no Rio Grande do Sul, entre as décadas de 1980 e 2010. Para tanto, a narrativa historiográfica foi construída apoiando-se nos pressupostos teórico-metodológicos da História Cultural. A coleta de informações ocorreu em fontes documentais, as quais foram submetidas à técnica de análise documental. Ao abordar as representações da prática corporal do Gateball na Colônia Japonesa de Ivoti, procurou-se decifrar como foram renegociadas no acenado espaço social. Assim, elencaram-se elementos culturais presentes no Gateball. É provável que a cultura deste grupo de nipo-brasileiros tenha enfrentado dificuldades nos primeiros momentos de seu estabelecimento. Contudo, tais conhecimentos não submergiram com o movimento migratório. Antes disto, este grupo, por meio do cultivo de práticas corporais, como o Gateball, procurou distinguir-se frente a diferentes grupos étnicos que compunham a sociedade em que estavam inseridos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiana Ayala Ledur, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Doutoranda em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Integrante do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos em História e Memória do Esporte e da Educação Física (NEHME) da UFRGS/CNPq, do Observatório do Esporte Paralímpico/UFRGS e do Centro de Memória do Esporte (CEME/UFRGS). E-mail: josiled@hotmail.com.  ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7981-1097.

Tuany Defaveri Begossi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Doutoranda em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Integrante do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos em História e Memória do Esporte e da Educação Física (NEHME) da UFRGS/CNPq, do Observatório do Esporte Paralímpico/UFRGS e do Centro de Memória do Esporte (CEME/UFRGS). E-mail: tuany_begossi@hotmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-2596-5963.

Referências

ALMEIDA, Thais Rodrigues de. Gateball: jogo, cultura e identidade nipônica no Parque Farroupilha. Salão de iniciação Científica. Livro de resumos. Porto Alegre: UFRGS, 2003, p. 665.

ALVES, Alessandra; POCAIA, Alessandra. Que tal uma partida de gateball? Esporte japonês abre espaço para atletas de todas as idades. Revista na Esportiva, Santo Amaro, n.1, p.11-12, dez. 2005.

ALVES FILHO, Francisco. O ritmo lento do Gateball. Revista ISTOÉ, 19 de junho de 2006. Sessão Comportamento, edição nº 1917. Disponível em: http://istoe.com.br/6955_O+RITMO+LENTO+DO+GATEBALL/. Acesso em 02 de janeiro de 2017.

ASSMANN, Alice Beatriz. O associativismo esportivo em Santa Cruz do Sul/ Rio Grande do Sul: configurações de praticas culturais (da década de 1880 à década de 1910). Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano), Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2015.

ASSMANN, Alice Beatriz. Figurações do Turnen no Sul do Brasil: redes de interdependência em escolas e clubes (décadas 1870-1920). Tese (Doutorado em Ciências do Movimento Humano) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2019.

Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Ivoti. Cartaz de divulgação do Memorial da Colônia Japonesa em 2016. Acervo pessoal Josiana Ayala Ledur.

BURKE, Peter. O que é História Cultural. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008. 216 p.

CANDAU, Joël. Memória e identidade. São Paulo: Contexto, 2012. 219p.

CANTARINO FILHO, Mario Ribeiro; MIURA, Hiromi. Japão e Brasília: imigração e esporte. Brasília: Thesaurus, 2010. 346 p.

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil,1990. 244p.

COLÔNIA JAPONESA. Jornal Livre Expressão, Ivoti, p.A-9, 17 jan.1995. Recuperado em Acervo da Biblioteca Pública Municipal Laís Helena Bruck Mundstock da cidade de Ivoti.

COLÔNIA JAPONESA: gateball. Jornal Livre Expressão, Ivoti, p.A-8, 1º Mai.1996. Recuperado em Acervo da Biblioteca Pública Municipal Laís Helena Bruck Mundstock da cidade de Ivoti.

DHEIN, Cíntia Elisa. A interpretação patrimonial da imigração alemã para o turismo na Rota Romântica RS/BR. 2012. 176f. Dissertação (Mestrado em Turismo) – Universidade de Caxias do Sul, Caxias, 2012.

DILLY, Gabriela; GEVEHR, Daniel Luciano. Para não espetacularizar o passado: memória, identidade étnica e educação patrimonial na construção do Memorial da Colônia Japonesa de Ivoti. COLÓQUIO – Revista do Desenvolvimento Regional - Faccat - Taquara/RS - v. 11, n. 2, p. 55-70, jul./dez. 2014.

EMPRESAS DO BRASIL. Cadastro nacional. ACEI, 2015. Disponível em: <http://empresasdobrasil.com/empresa/acei-90938259000170>. Acesso em 13 de novembro de 2016.

____. ASERJI, 2015. Disponível em: . Acesso em 13 de novembro de 2016.

ENKYOSUL. Jornal da Associação de Assistência Nipo e Brasileira do Sul, abr. 2012, capa. Encontrado no acervo da Associação de Assistência Nipo e Brasileira do Sul.

FROSI, Tiago; MAZO, Janice Zarpellon. O abrasileiramento do clube de remo dos italianos em Porto Alegre nas décadas de 1930-1940. Movimento, Porto Alegre. v. 18, n. 3, p. 51-71, jul./set. 2012.

GATEBALL foi bem representado nas homenagens do dia do Esportista em Caraguá. Expressão Caiçara: o Jornal do Litoral Norte, São Paulo, p. 7, 25 a 31 dez. 2013.

GAUDIOSO, Tomoko Kimura. O trabalho temporário no Japão e seu reflexo na estrutura familiar da colônia de Ivoti. In: IX Reunião de Antropologia do Mercosul- Curitiba, 2011.

IWASAKI, Jaqueline Morais. Diário de Ivoti: Mais gateball. CLICRBS, 18 mai. 2008. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br. Acessado em: 29 out. 2016.

IZUMI, Patrícia Tamiko. Envelhecimento e etnicidade: o processo de aculturação dos imigrantes japoneses. Dissertação (Mestrado em Letras) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo. Brasil, 2010.

JAPONESES PRATICARAM GATEBALL EM IVOTI. O Diário da Encosta da Serra, p.A-25, 23 de abr. 2014. Recuperado em Acervo da Biblioteca Pública Municipal Laís Helena Bruck Mundstock da cidade de Ivoti.

KANAMOTO, Etsuko. Oi no bunka jinruigaku 1: oi no esunishiti – tabunka shakai nimiru nihon imin no rôgô. (Antropologia cultural da velhice 1: etnicidade da velhice – a velhice na imigração japonesa na visão da sociedade multicultural). Shôsai no mado, Tokyo: Yuhikaku, n. 566, p. 7-8, ago. 2007.

KANASHIRO, Miriam Masako; YASSUDA, Monica Sanches. Estudo da Adaptação e Aplicabilidade do Questionário Perfil de Atividades de Adelaide em Idosos de uma Comunidade Nipo-brasileira. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 24, n. 2, p. 245-253, 2011.

LEDUR, Josiana Ayala. Práticas corporais na colônia japonesa de Ivoti, Rio Grande do Sul (década de 1980 à década de 2010). Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2017.

MACHADO, André Roberto de Arruda. Entre o nacional e o regional: uma reflexão sobre a importância dos recortes espaciais na pesquisa e no ensino da História. Anos 90, Porto Alegre, v. 24, n. 45, p. 293-319, 2017.

MAZO, Janice Zarpellon, et al. Danças tradicionais japonesas e representações sociais no sul do Brasil. In: Missias-Moreira, Ramon; Freitas, Vera Lúcia Chalegre De; Collares-Da-Rocha, Julio Cesar Cruz (Orgs.). Representações sociais na contemporaneidade. Curitiba: CRV, 2019, p. 121-137.

OS JOGOS QUE UNEM A COMUNIDADE. Jornal Zero Hora, p. A-33, 16 jun.2008.

PEREIRA, Ester Liberato. Configurações sociohistóricas da equitação no Rio Grande do Sul: uma investigação das redes de interdependência nas práticas esportivas equestres. Tese (Doutorado em Ciências do Movimento Humano) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2016.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Cultura e Representações, uma trajetória. Anos 90, v. 13, n. 23/24, p. 45-58, 2006.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. História & História Cultural. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. 132 p.

PIMENTEL, Alessandra. O método da análise documental: seu uso numa pesquisa historiográfica. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 114, p. 179-195, nov. 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/n114/a08n114.pdf>. Acesso em: 13 jun. 2016.

SILVA, Bruno. Gateball. Neste domingo, Cascavel sediará o 134º Campeonato do oeste do Paraná. Hoje News, Cascavel, p. A-18, 1º jul. 2012.

SILVA, Carolina Fernandes da. Esportes náuticos e aquáticos no Rio Grande do Sul, Brasil: esportivização e contatos culturais nos clubes. Tese (Doutorado em Ciências do Movimento Humano) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2015.

SILVA, Carolina Fernandes da. O remo e a história de Porto Alegre, Rio Grande do Sul: mosaico de identidades culturais no longo século XIX. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2011.

SOCIAL E ESPORTE. Banner de divulgação do Memorial da Colônia Japonesa de Ivoti, 2016. Acervo pessoal Josiana Ayala Ledur.

SUZUKI, Frank. Shiguemtsu Suzuki; MIRANDA, Maria Luiza de Jesus. A história da imigração japonesa e seus descendentes: prática de atividade física e aspectos sócio-culturais. Conexões: Revista da Faculdade de Educação Física da Unicamp, São Paulo, v.6 (ed. especial), p.409-418, jul. 2008.

TRAPHAGAN, John. W. Reasons for gateball participation among older Japanese. Journal of Cross-Cultural Gerontology, v.13, p.159-175, feb.1998.

REGIONAIS. UCGB. União dos Clubes de Gateball do Brasil, 5 out. 2015 - Disponível em: https://gateball.org.br/regionais/. Acesso em 15 fev. 2016.

UEMURA, Karoline Kika. Antes que as flores caiam: memórias e vivências acerca das migrações entre o Núcleo Celso Ramos (SC) e o Japão (1989-2010). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, 2013.

VELOSO, Camila Motomatsu. Percepção de idosos praticantes de Gateball sobre a prática de atividade física. Trabalho de Conclusão de Curso – Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Londrina. Londrina, 2010.

Downloads

Publicado

2020-05-26

Como Citar

Ayala Ledur, J., & Defaveri Begossi, T. (2020). Traçados históricos da prática do Gateball no Brasil: o caso de Ivoti/RS (1980-2010): Historical outlines of Gateball practice in Brazil: the case of Ivoti / RS (1980-2010). Revista Caminhos Da Historia, 25(1), 41-57. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/caminhosdahistoria/article/view/2625