Dinâmicas territoriais e saber local em torno de conflitos em um bairro atingido pelo desastre de 2011 em Nova Friburgo (RJ)

Palavras-chave: Desastres. Dinâmicas Territoriais. Participação Comunitária. Saber Local

Resumo

A presente análise trata de formas em que a participação social e política pela reconstrução de espaços atingidos por catástrofes de chuvas podem repercutir nas transformações da relação do Poder Público com comunidades e nas políticas públicas urbanas. Pretende-se apresentar o saber local presente nas disputas territoriais e no acesso a espaços técnicos e a políticas públicas de gestão de desastre e de planejamento urbano. Para tanto, é apresentada parte da minha pesquisa de mestrado, envolvendo o estudo de caso da participação política de moradores do bairro Córrego D’Antas, em Nova Friburgo (RJ), em prol da reconstrução da localidade e de melhorias nos serviços, após terem sido atingidos pelo desastre envolvendo chuvas, enchentes e deslizamentos de terra em janeiro em 2011. Serão aprofundados casos ligados a algumas obras e reuniões de revisão do Plano Diretor no bairro, em 2014, no contexto pós-desastre. A participação através da Associação de Moradores do bairro e o acionamento de novos saberes na esfera política são tomados como exemplo neste artigo, de forma a trazer reflexões sobre a afirmação de territorialidades em contextos de desastres urbanos.

Referências

ACOSTA, Virginia G. Historia y desastres en América Latina, III. coord. Virginia Acosta. México: Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social/Red de Estudios Sociales en Prevención de Desastres en América Latina, 2008, 358 p.
_____________. La Perspectiva Histórica em La Antropologia Del Riesgo y del Desastre. Acercamientos metodológicos. Relaciones, XXV (97), 2004, 19 p.
CEFAI, Daniel. Como uma Associação Nasce para o Público: vínculos locais e arena pública em torno da associação La Bellevilleuse em Paris In CEFAI, D., Mello, M. A. S., MOTA, F. R., VEIGA, F. B. Arenas Públicas: por uma etnografia da vida associativa. Niterói: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2011, p. 67- 102.
CORREA, Maria Suellen Timoteo. A Política no Desastre em Nova Friburgo/RJ: uma análise da participação de moradores na reconstrução do bairro Córrego D’Antas. 2015. Dissertação de Mestrado em Antropologia. Universidade Federal Fluminense. Niterói, 2015, 189 p.
MORADORES assustados com pedra que teria rolado de encosta sem contenção. Nova Friburgo: A Voz da Serra, 06 set. 2013.
OBRA de contenção do Córrego Dantas será a maior do estado e custará R$ 43 milhões. Nova Friburgo: A Voz da Serra, 11 set. 2013
TADDEI, Renzo. O lugar do saber local (sobre ambiente e desastres). In: SIQUEIRA, A., VALENCIO, N., SIENA, M., MALAGOLI, M. A. (Org.). Riscos de desastres relacionados à água: aplicabilidade de bases conceituais das ciências humanas e sociais para a análise de casos concretos. São Carlos: Rima Editora, 2015, 16 p.
VALÊNCIO, N., PRATER, C., CAMPOS, P. F. C., TRIVELIN, L. M., SIENA, M., EVANGELISTA, J., CATÓIA, C., MARCHEZINI, V., CRISTOFANI, G., TAGLIAFERRO, M., BARBOSA, A. R., PAGANELLI, J., PAVAN, B. A produção social do desastre: dimensões territoriais e político institucionais da vulnerabilidade das cidades brasileiras frente às chuvas. Teoria e Pesquisa, v.44-45, 2004, p. 67-115.
VALÊNCIO, Norma. Sociologia dos desastres: construção, interfaces e perspectiva no Brasil. São Carlos: RiMa Editora, 2009, 208 p.
Publicado
2020-02-14
Seção
Dossiê