Masculinidade e outras retóricas da “Nossa América”

Autores

  • Érika Catarina de Melo Alves Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CPDA-UFRRJ)

Palavras-chave:

Masculinidade, gênero, Nossa América

Resumo

Resenha do livro:

VIVEROS VIGOYA, Mara. As cores da masculinidade: experiências interseccionais e práticas de poder na Nossa América. Rio de Janeiro (RJ), Papéis Selvagens, 2018.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Érika Catarina de Melo Alves, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CPDA-UFRRJ)

Doutoranda de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CPDA-UFRRJ), Brasil. Mestre em Antropologia pela Universidade Federal da Paraíba (PPGA-UFPB), Brasil. E-mail: erikacmalves@gmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-0883-681X.

Referências

ANZALDÚA, Gloria. La frontera: the new mestiza. San Francisco. Aunt Lute Books. 1987.

CARDOSO, Jorge Luiz. Paternidade adolescente; da investigação à intervenção. In: Arilha, M.; Ridenti, S.U.; medrad, B (orgs.). Homens e masculinidades: outras palavras. São Paulo, SP. Ecos/34. P. 185-215. 1998.

FOUCAULT, M. White women, race matters. Minneapolis, University os Minnesota Press. 1993.

FULLER, Norma. Identidades masculinas, varones de classe media. Lima: Fondo Editorial, PUCP. 1997.

SIQUEIRA, Maria Juracy. Paternidade adolescente: seu lugar nos programas públicos na área da saúde reprodutiva na grande Florianópolis. Recife, Fundação Carlos Chagas. 2001.

YUVAL-DAVIS, Nira. Situated intersectionality and social inequality. Raisons politiques, v.2, n.58, p. 91-100. 2015.

Downloads

Publicado

2021-08-13

Como Citar

de Melo Alves, Érika C. . (2021). Masculinidade e outras retóricas da “Nossa América”. Revista Argumentos, 18(2), 283–291. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/argumentos/article/view/4482

Edição

Seção

Resenhas