MOTIVOS E FREQUÊNCIA PARA A PRÁTICA DE VOLEIBOL POR MULHERES DE DIFERENTES FAIXAS ETÁRIAS

  • Maria Geovania Cardoso Batista Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Áquila Larissa Xavier de Souza Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Vivianne Margareth Chaves Pereira Reis Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Vinícius Dias Rodrigues Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Hellen Veloso Rocha Marinho Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Resumo

O conhecimento dos objetivos e caracterização do perfil da prática do volei, em especial considerando a freqüência semanal são importantes aspectos a serem considerados para subsidiar as ações dos profissionais de Educação Física. O objetivo do presente estudo foi verificar os motivos e freqüência de prática de voleibol, considerando diferentes faixas etárias.  A amostra  foi composta de 33 mulheres com média de idade de 37,15 anos ± 7,47 praticantes de voleibol na cidade de Montes Claros, MG. As voluntárias responderam a um formulário estruturado que analisava os objetivos propostos pelo estudo. Para análise dos dados, a amostra deste estudo foi alocada em dois grupos distintos, um grupo de 13 mulheres com idade até 35 anos e o outro grupo com 20 mulheres com idade igual ou superior à 35 anos. Análise descritiva foi utilizada para caracterizar a amostra e as variáveis categóricas foram apresentadas na forma de frequência absoluta e frequência relativa. Quanto aos objetivos para a prática de volei,  o lazer foi relatado com maior freqüência tanto pelo grupo de mulheres com menos de 35 anos, quanto para o grupo com idade superior, correspondendo à 69,2% e 50% respectivamente. O fator “condicionamento físico”foi reportado 35,0%  das mulheres com idade superior comparado à 30,8 %  das mulheres mais novas. Três mulheres com idade superior informaram ter aderido à prática de vôlei com o objetivo de emagrecimento, o que não foi reportado por nenhuma das mulheres com idade inferior ao ponto de corte. Com relação à frequência houve maior percentual de prática 3 vezes por semana, seguido por 2 vezes. Conclui-se que o lazer foi o principal objetivo para a prática de vôlei relatado pelas voluntárias e, embora o condicionamento físico seja um importante aspecto considerado pelas voluntárias de ambos os grupos, o fator emagrecimento foi reportado apenas pelas mulheres com idade superior. A maioria das voluntárias pratica a modalidade entre 3 ou 2 vezes na semana.

Publicado
2020-01-17
Como Citar
Geovania Cardoso BatistaM., Larissa Xavier de Souza Áquila, Margareth Chaves Pereira Reis V., Dias RodriguesV., & Veloso Rocha MarinhoH. (2020). MOTIVOS E FREQUÊNCIA PARA A PRÁTICA DE VOLEIBOL POR MULHERES DE DIFERENTES FAIXAS ETÁRIAS. Revista Eletrônica Nacional De Educação Física, 2(2), 21. Recuperado de //www.periodicos.unimontes.br/index.php/renef/article/view/436