PARA UMA HISTÓRIA DAS CONTAS NACIONAIS NO BRASIL: ORIGENS

Autores

  • Luiz Eduardo Simões de Souza Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

DOI:

https://doi.org/10.46551/epp2021927

Resumo

Trata-se de uma primeira incursão em uma narrativa da implementação e desenvolvimento do Sistema de Contas Nacionais (SCN) do Brasil, criado em 1952, seguindo diretrizes da Organização das Nações Unidas. O processo de instauração, consolidação, emprego de metodologias e interpretação das diretrizes da ONU esteve, nesses quase setenta anos da adoção do sistema, longe de uma estabilidade que permitisse dados consistentes à interpretação da economia brasileira. A Fundação Getúlio Vargas e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística disputaram a primazia do cálculo e a divulgação dos dados por mais de quatro décadas, além de interferências no contexto externo, que causaram divergências de entendimento e diversas revisões às séries, que são apresentadas hoje ainda como fontes capazes de fornecer coerência ao analista. Neste texto, busca-se apresentar algumas primeiras considerações para debate sobre esse tema das políticas públicas na história do Brasil republicano pós-guerra.

Palavras-chave: Sistema de Contas Nacionais; Economia Brasileira; História Econômica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Eduardo Simões de Souza, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Doutor em História Econômica, Professor Associado da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), PPGH, PPGDSE, DECON

Referências

BOS, Frits. Uses of national accounts from the 17th century till present and three suggestions for the future. EURONA — Eurostat Review on National Accounts and Macroeconomic Indicators, pp. 09 - 38, 01.2017.

CALÓGERAS, João. A Política Monetária do Brasil. Rio de Janeiro: Companhia Editora Nacional, 1960 (1910).

FIGUEREDO, Affonso Celso. A Década Republicana. Rio de Janeiro: Typ. do Brazil, 8 volumes, 1912.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. Sistema de contas nacionais para o Brasil e estimativas de produto-renda e investimento. Revista de Economia Brasileira, v. 10, n. 4. Rio de Janeiro: FGV, 1956.

HALLAK NETO, João. O Sistema de Contas Nacionais - evolução, principais conceitos e sua implantação no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Contas Nacionais. Textos para Discussão, número 51, 2014.

IBGE. Estatísticas do século XX. Rio de Janeiro: IBGE, 2006.

KUZNETS, Simon. National income, 1929–1932. NBER Bulletin, No 49, 1934.

LEITE JÚNIOR, A. D. Renda Nacional – Teoria (tese de livre-docência). Rio de Janeiro: UFRJ, set. 1948.

LEQUILLER, F. and BLADES, D. Understanding national accounts. Paris: OECD Publishing, 2014.

LEONTIEF, Wassily. Quantitative Input and Output Relations in the Economic System of the United States, Review of Economic Statistics, Vol. 28, issue 3, pp. 105–125, 1936.

NUNES, E. P. Sistemas de contas nacionais: a gênese das contas nacionais modernas e a evolução das contas nacionais no Brasil (tese de doutorado). Campinas: Unicamp, mai. 1998.

PETTY, William. Verbum Sapienti. in Escritos Econômicos. São Paulo: Abril Cultural, 1982 (circa 1693).

QUESNAY, François. Quadro Econômico dos Fisiocratas. São Paulo: Abril Cultural, 1982 (1758).

SAY, Jean-Baptiste. Tratado de Economia Política. São Paulo: Abril Cultural, 1982 (1802).

SHAIKH, A. e TONAK, E. Measuring the Wealth of Nations. The Political Economy of National Accounts.

SOUZA, L. E. S. de; PREVIDELLI, M. F. S. C. Estudos Populacionais: elementos de teoria e história. Curitiba: Intersaberes, 2020.

STUDENSKI, Paul. The Income of Nations. New York: New York University Press, 1958.

VANOLI, Andre. A History of National Accounting. Amsterdam: IOS Press, 2005.

VANOLI, Andre. National Accounting at the beginning of the 21st century: Wherefrom? Whereto? EURONA — Eurostat Review on National Accounts and Macroeconomic Indicators, pp. 09 - 38, 01.2014.

WALRAS, León. Elementos de Economia Política Pura. São Paulo: Abril Cultural, 1982 (1874).

WEBER, Max. Economia e Sociedade. Brasília: Editora da UnB, 2 volumes, 2012 (1922).

Downloads

Publicado

2022-02-11

Edição

Seção

Artigos