A CONFIGURAÇÃO DA DINÂMICA PARTIDÁRIA NA MESORREGIÃO DO SUL E SUDOESTE DE MINAS GERAIS

  • Zara Rego de Souza
  • Antonio Carlos Andrade Ribeiro
Palavras-chave: Eleições Municipais; Partidos Políticos; Sul de Minas

Resumo

Este trabalho tem por objetivo realizar uma análise descritiva da inserção dos partidos políticos na Mesorregião do Sul e Sudoeste de Minas Gerais utilizando os dados sobre as eleições municipais nos anos de 2000 a 2016. Os dados analisados foram coletados do sítio do TSE, utilizando técnicas de análise quantitativa para a elaboração de tabelas e gráficos. Os achados sugerem que mesmo sendo “deixadas de lado” pelas cúpulas nacionais, conforme a literatura argumenta, as eleições municipais analisadas refletem a existência de um sistema partidário estruturado no Brasil com grandes organizações atuando em cidades pequenas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRAGA, Maria do Socorro. Eleições e democracia no Brasil: a caminho departidos e sistema partidário institucionalizados. Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, nº 4, p. 43-73, jul/dez de 2010.

CARREIRÃO, Yan. Ideologia e partidos políticos: um estudo sobre coligações em Santa Catarina. Opinião Pública, Campinas, vol. 12, nº 1, p. 136-163, abril/maio, 2006.

_______________. O sistema partidário brasileiro: um debate com a literatura recente. Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, nº 14, p. 255-295, mai/ago de 2014.

DOWNS, Anthony. A estática e a dinâmica de ideologias partidárias. In: Uma Teoria Econômica da Democracia. São Paulo: EDUSP, 1999.

IBGE. 2010. Brasil em síntese. Disponível em: . Acesso em 12 de jun de 2017.

KINZO, Maria D’alva. Os partidos no eleitorado: percepções públicas e laços partidários no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, vol. 20, nº 57, fev de 2005.

__________________. Partidos, eleições e democracia no Brasil pós-85. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 19, n. 54, São Paulo, fev. 2004.

LIJPHART, Arend. Modelos de democracia. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira: 2003.

LOPEZ, Félix Garcia. A política cotidiana dos vereadores e as relações entre executivo e legislativo em âmbito municipal: o caso do município de Araruama. Revista de Sociologia Política, Curitiba, nº22, p. 153-177, jun. 2004

MACHADO, Aline. Alianças eleitorais: casamento com prazo de validade: o caso das coligações brasileiras. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

MELO, Carlos Ranulfo. Avaliando vínculos entre partidos e deputados nas Assembleias Legislativas brasileiras. Revista Opinião Pública, Campinas, vol. 21, nº 2, ago de 2015.

RIBEIRO, Pedro Floriano. Organização e poder nos partidos brasileiros: uma análise dos estatutos. Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, nº 10, p. 225-265, jan/abr de 2013.
Publicado
2020-03-13
Seção
Artigos