LUTA E RESISTÊNCIA: O CASO DAS FAMÍLIAS CAMPONESAS DO ACAMPAMENTO JOSÉ MANOEL BANDEIRA NO MUNICÍPIO DE PIRAPORA-MG

Autores

  • Deyvison Lopes de Siqueira
  • Gustavo Henrique Cepolini Ferreira

Resumo

A luta das famílias camponesas na tentativa de conseguir um pedaço de terra para trabalhar é algo moroso no Brasil e pode levar até 20 anos debaixo da lona a espera da conquista pelo tão sonhado pedaço de terra. No município de Pirapora-MG, evidencia-se o caso das 160 famílias do Acampamento José Manoel Bandeira que desde 2003 estão resistindo na área da Fazenda da Prata. A metodologia baseia-se na coleta de informações por meio do trabalho de campo, conhecendo na prática a experiência direta da realidade que essas familias estão passando neste município. Os resultados do relato revelam que, mesmo diante de todas as difilcidades de acesso a serviço de saúde, escola para as crianças, moradia, acesso a aguá, energia entre outros, essas famílias camponesas permanecem na área de forma organizada, desernvolvendo atividades produtivas e de formação que são formas de manter e continuar lutando pelo sonho do pedaço de terra para morar e produzir.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-02-03

Como Citar

Lopes de Siqueira, D., & Henrique Cepolini Ferreira, G. (2020). LUTA E RESISTÊNCIA: O CASO DAS FAMÍLIAS CAMPONESAS DO ACAMPAMENTO JOSÉ MANOEL BANDEIRA NO MUNICÍPIO DE PIRAPORA-MG. Revista Verde Grande: Geografia E Interdisciplinaridade, 1(02), 94-98. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/verdegrande/article/view/746

Edição

Seção

Relatos de Projetos e Experiências