Higienismo e sanitarismo em Montes Claros entre 1889 e 1926

Hygienism and sanitation in Montes Claros between 1889 and 1926

Autores

  • Luciano Pereira da Silva Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Regina Célia Lima Caleiro Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)

Palavras-chave:

Modernidade, Cidade, Imprensa, Higienismo

Resumo

A transição do século XIX para o século XX configura-se como uma época assinalada por grandes transformações sociais. Era o advento da modernidade, fruto de revoluções, como as Burguesas e a Industrial, e da adoção de uma nova perspectiva social. O homem devia ser preparado para viver esta nova realidade, o que envolvia a difusão de modos cotidianos de vida mais afeitos ao mundo que se queria erigir. Este trabalho discute as ações higienistas e sanitaristas em Montes Claros-MG entre os anos de 1889 e 1926. Nessa tarefa, a principal fonte utilizada na pesquisa é a imprensa periódica escrita. Como fonte de apoio, considerou-se a produção de memorialistas da região. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciano Pereira da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutor em Educação pela UFMG; docente do curso de graduação em Educação Física e do Programa de
Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer da UFMG.

Regina Célia Lima Caleiro, Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)

Doutora em História pela UFMG; docente do curso de graduação em História e do Programa de Pósgraduação em História da Unimontes.

Downloads

Publicado

2013-01-02

Como Citar

Pereira da Silva, L., & Célia Lima Caleiro, R. (2013). Higienismo e sanitarismo em Montes Claros entre 1889 e 1926: Hygienism and sanitation in Montes Claros between 1889 and 1926. Revista Caminhos Da Historia, 18(1), 107–122. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/caminhosdahistoria/article/view/3228

Edição

Seção

Dossiê