HANDEBOL COMPETITIVO EM MONTES CLAROS: PROFISSIONAL OU LAZER SÉRIO?

Autores

  • Nadson Henrique Gonçalves Rodrigues Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Palavras-chave:

Handebol, lazer sério, lazer

Resumo

O handebol competitivo: profissional ou lazer sério?Notamos que as atletas envolvidas na equipe do Montes Claros Handebol não são profissionais, pois não “vivem” do retorno financeiro do time. Algumas recebem ajuda de custo (principalmente para locomoção, alimentação e moradia), outras têm bolsas de estudo. Enfim, apesar de todo esforço dispensado aos treinamentos e competições, a maioria das atletas da equipe têm outros afazeres para seu sustento.A partir dessa estrutura de envolvimento com a modalidade e com a equipe, como poderia ser categorizado o handebol para estas pessoas/atletas? Se não são profissionais, mas têm obrigações com treinos e competições, é possível afirmar a ocorrência de um estado de lazer? . A busca por este perfil de convivência entre trabalho (treinar e jogar handebol, mesmo que não obrigatoriamente) e estrita existência ou não de lazer no ato é que nos instiga investigar a rotina destas pessoas. Com oobjetivo principal de identificar e analisar a ocorrência do “lazer sério” no envolvimento das atletas da equipe de handebol da prefeitura municipal de Montes Claros na rotina de treinos e competições. Este trabalho trata-se de um estudo Quali-quantitativo, a população deste estudo foi composta por atletas componentes da equipe de handebol feminino da prefeitura de Montes Claros, perfazendo um total de 19 atletas entrevistadas. Os instrumentos utilizados para coleta de dados foram questionários semiestruturados confeccionados especificamente para investigar a rotina da equipe e externa a ela, onde consideramos a existência do lazer sério na rotina da equipe de handebol feminino de Montes Claros, apesar de haver cobrança de desempenho por parte da diretoria da equipe, o fator obrigatório não é primordial, pois ainda não há como viverem exclusivamente da modalidade,em sua maioria têm idade de adolescentes e praticam o handebol pelo prazer proporcionado e pela possibilidade de conhecer novas pessoas e lugares nas viagens da equipe. O vínculo de união entre todos os envolvidos foi outra característica notada no grupo, pois, apesar de ainda almejarem destaques mais significativos, entendem que a equipe pode proporcionar uma ascensão para centros mais desenvolvidos do handebol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-01-27

Como Citar

HENRIQUE GONÇALVES RODRIGUES , N. HANDEBOL COMPETITIVO EM MONTES CLAROS: PROFISSIONAL OU LAZER SÉRIO?. RENEF, [S. l.], v. 6, n. 8, p. 56–57, 2020. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/renef/article/view/633. Acesso em: 8 fev. 2023.

Edição

Seção

Resumos de Monografias Unimontes