O PARADIGMA DA MODERNIZAÇÃO, NEOLIBERALISMO E EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL

Autores

  • Luciana Santos Lenoir Unimontes

Palavras-chave:

Educação superior, Neoliberalismo, Estado

Resumo

O trabalho apresenta reflexões quanto às características sociopolíticas que compõem a estrutura da educação superior no Brasil à vista do paradigma da modernidade, assim como as medidas políticas e econômicas neoliberais configuradas em escala global. Expõe, por meio de levantamento bibliográfico, a condução da expansão da educação superior brasileira que foi ordenada e financiada conforme os critérios externos exigidos por organismos internacionais e endossados pelo Estado. Trata-se de uma discussão crítica diante do processo que culminou na chamada “mercadorização” da educação superior, por meio do aumento expressivo do número de instituições privadas que ofertam vagas em cursos de graduação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO, M. A.; MACEDO, M. N. Mercantilização da educação superior no Brasil: expansão e regulação. In: CASTRO, A. M. D.; CABRAL NETO, A.; SANTOS, G. M. T. (Org.) Educação superior em tempos de crise: representações em diferentes contextos. Curitiba: CRV, 2021, p. 25-58.

BATISTA, P. N. O Consenso de Washington: a visão neoliberal dos problemas latino-americanos. In:

BATSTA JÚNIOR, P. N. (Org.) Paulo Nogueira Batista:pensando o Brasil - ensaios e palestras. Brasília : Fundação Alexandre de Gusmão, 2009, p. 115-161.

CHAUÍ, M. de S.Escritos sobre a universidade. São Paulo: Editora UNESP, 2001.

______________. Ideologia e educação. In: Educação e Pesquisa [online], 2016, v. 42, n. 1, p. 245-258. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1517-9702201642010040 Acesso em 19/04/2022..

DOURADO, L. F.; OLIVEIRA, J. F. de. Políticas educacionais e reconfiguração da educação superior no Brasil. In: DOURADO, L. F.; CATANI, A. M. Universidade púbica: políticas e identidade institucional. Campinas: Autores Associados, 1999, p. 05-22. (Coleção polêmicas do nosso tempo, V. 70)

DULCI, O. S. Política e recuperação econômica em Minas Gerais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1999, p. 15-36.

GIDDENS, A. As consequências da modernidade. São Paulo: Editora UNESP, 1991.

HARVEY, D. O neoliberalismo: história e implicações. 5 ed. São Paulo: Edições Loyola, 2014.

PERONI, V. M. V. Política educacional e o papel do Estado: no Brasil dos anos 1990. São Paulo: Xamã, 2003.

QUIJANO, A. Colonialidade do poder, Eurocentrismo e América Latina. IN: A colonialidade do saber:eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. Buenos Aires: CLACSO, 2005, p. 117-142.

SANTOS, B. de S. Para um novo senso comum: a ciência, o direito e a política na transição paradigmática. 4 ed. São Paulo: Cortez, 2002.

_______________. A universidade no século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da universidade IN: SANTOS, B. S.; ALMEIDA FILHO, N. A Universidade no século XXI: para uma universidade nova. Coimbra: Almedina, 2008, p. 13-106.

Downloads

Publicado

2022-08-08

Como Citar

Santos Lenoir, L. . (2022). O PARADIGMA DA MODERNIZAÇÃO, NEOLIBERALISMO E EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL. Revista Serviço Social Em Perspectiva, 6(Especial), 559–574. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/sesoperspectiva/article/view/5650

Edição

Seção

Mesa Coordenada Temática - Democracia e Ensino Superior: Desafios e Perspectivas