A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL FRENTE AS DESIGUALDADES SOCIOEDUCACIONAIS

Autores

  • Michely Gonçalves Mota de Souza Unimontes
  • Viviane Bernadeth Gandra Brandão Unimontes

Palavras-chave:

Assistência estudantil, Desigualdades socioeducacionais, Vulnerabilidade social

Resumo

A temática desta pesquisa centra-se em analisar a Política de Assistência Estudantil no ensino superior em suas contribuições para a diminuição das desigualdades socioeducacionais de seus estudantes. A Assistência Estudantil consiste numa política pública do direito voltada para a permanência do estudante em vulnerabilidade social na universidade. Nesse sentido esta pesquisa problematiza a seguinte questão: como se configura a política de assistência estudantil no ensino superior frente as desigualdades socioeducacionais na vida dos estudantes atendidos? Trata-se de uma revisão bibliográfica cujos resultados indicaram que a importância da Política de Assistência Estudantil para a inserção e permanência dos/as estudantes em vulnerabilidade social no ensino superior, bem como na oferta da possibilidade de enfrentamento das desigualdades sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARROYO, Miguel G. Políticas educacionais, igualdade e diferenças. RBPAE, v. 27, n.1, p.83-94, jan./abr. 2011. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/rbpae/ article/view/19969. Acesso em: 22 abr. 2022 as 9h.

BAQUEIRO, DicíolaFigueirêdo de Andrade. TENÓRIO, Robinson Moreira. Política de Assistência Estudantil: contribuições na promoção da Equidade e Eficácia no ensino. Salvador: Observatório da Educação, FACED-UFBA, 2015. Disponível em Erro! A referência de hiperlink não é válida.; acesso em 19 set. 2021, ás 14h.

BRASIL, Decreto nº 7.234, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil – PNAES.Diário Oficial da União, Brasília, 20 jul. 2010.

BRASIL,ProjetodeLein.7.200de10abr.2006.PoderLegislativo,Brasília,2006.Disponivelem: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra; jsessionid =7DE3D8E77C23821C4DFD819D6C0B940F.node2?codteor=420781&filename=Avulso+-PL+7200/2006; acesso 25 abr. 2022 as 8h.

BRASIL, Política Nacional de Assistência Social. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Social e combate a fome.Disponível em: https://www.mds.gov.br/webarquivos/publicacao/assistencia_social/Normativas/PNAS2004.pdf; acesso em 25 abr 15h.

BRASIL, Decreto nº 6.096 de 24 abr. 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI. Disponível em : http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6096.htm. Acesso 25 abr. 2022 as 9h.

COSTA, Fabiana de Souza. Políticas públicas de educação superior - Programa Universidade para Todos: um olhar dos alunos beneficiários na PUC-SP. São Paulo, p. 174, 2008. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/bitstream/handle/10061/1/Fabiana%20de%20Souza% 20Costa.pdf; acesso em 24 abr. as 22h.

GIROUX, Henry A. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Tradução de Daniel Bueno. Porto Alegre: Artmed, 1997.

HERINGER, Rosana. Democratização da educação superiornoBrasil: dasmetasdeinclusãoaosucessoacadêmico. RevistaBrasileiradeOrientaçãoProfissionaljan.-jun.2018,Vol.19,No.1,p. 7-17. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rbop/v19n1/03.pdf; acesso em 25 abr. 2022 as 13h.

MÉSZAROS, István. A educação para além do capital. 2 ed. São Paulo: Boitempo, 2008.

MOREIRA, Adriana Batista. A Assistência Estudantil nas Políticas Educacionais de cunho neoliberal. Belo Horizonte, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/ bitstream/1843/36316/1/a%20assist%c3%8ancia%20estudantil%20nas%20pol%c3%8dticas%20p%c3%9ablicas%20educacionais%20de%20cunho%20neoliberal.pdf. Acesso em: 20 abr. 2022 as 8h.

RÊGO, ErnnyCoêlho. BENEVIDES, MarininaGruska. A assistência estudantil e a redução das desigualdades sociais no contexto de fragilização das políticas sociais. Goiânia: Inter-ação, v44, n. 1, p. 151-163, jan/abr. 2019. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/ interacao/article/view/55626; acesso em 10 mar. 2022 as 13h.

RIBEIRO, Raquel da Silva. Política de assistência estudantil: limites e possibilidades para formação de uma rede de atendimento dos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica na universidade de Brasilia. 2020. 71 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação) - Universidade de Brasília, Brasília, 2020. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38968; acesso em 09 mar. 2022 as 10h.

SCHNEIDER, Gabriela. O direito à educação e direito a uma escola com boas condições materiais e estruturais: possíveis interlocuções. X ANPED, Florianópolis, out. 2014. Disponível em: http://xanpedsul.faed.udesc.br/arq_pdf/960-0.pdf.; acesso em 25 abr. ás 11h.

Downloads

Publicado

2022-08-08

Como Citar

Gonçalves Mota de Souza, M. ., & Gandra Brandão, V. B. . (2022). A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL FRENTE AS DESIGUALDADES SOCIOEDUCACIONAIS. Revista Serviço Social Em Perspectiva, 6(Especial), 359–369. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/sesoperspectiva/article/view/5638

Edição

Seção

Comunicação Oral - Estado e Políticas Sociais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)