O SERVIÇO SOCIAL NA EXTENSÃO RURAL

CONTRARREFORMA E REBATIMENTOS

Autores

  • Maria Flávia Andrade Araújo Lisboa UFS

Palavras-chave:

Serviço Social, extensão rural, capitalismo

Resumo

Constitui-se objeto deste estudo a reflexão sobre o serviço social na extensão rural brasileira associado ao trajeto desta política e os rebatimentos decorrentes da crise na cena da contrarreforma para o processo de formação profissional e para categoria profissional no âmbito da política de extensão rural. É aferido que após a implementação do novo desenho da extensão rural foram mantidos os velhos padrões sob a lógica da acumulação capitalista. A metodologia foi utilizada revisão de literatura e priorizou-se produções a partir do método do materialismo-histórico-dialético que discutem formação profissional, mercado de trabalho, extensão rural, questão fundiária e o contexto de contrarreforma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BEHRING. Elaine R. Trabalho e Seguridade Social: o neoconservadorismo nas políticas sociais. In: Trabalho e seguridade social: percurso e dilemas. Behring. Elaine R. Almeida. Maria H. T. de. (orgs). 2 d. São Paulo: Cortez; Rio de Janeiro: FSS/UERJ, 2010.p. 152-174

_____, Elaine R. BOSCHETTI, Ivanete. Política Social: fundamentos e história. 7ª ed. São Paulo: Cortez, 2010.

BOSCHETTI, Ivanete. Agudização da barbárie e os desafios ao Serviço Social. In: Revista Serviço Social & Sociedade. Jan./Abr.2017. Nº 128 p. 54 a 71. Disponível em https://www.scielo.br/j/sssoc/a/LPjQQGPrjNGJ6ZnCsKmn3wx/?lang=pt&format=pdf

BRASIL. Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural. Ministério do Desenvolvimento Agrário Brasília, 2004

BURIOLLA, Marta A. Feitin. Supervisão em Serviço Social: O supervisor, sua relação e seus papéis. 5ª ed. São Paulo: Cortez, 2010

FERNANDES, Florestan. A Revolução Burguesa no Brasil: ensaio de interpretação sociológica. Curitiba: Kotter Editorial; São Paulo: Editora Contracorrente, 2020.

IANNI, Octavio. A Ditadura do Grande Capital. 1ª ed. São Paulo: Expressão Popular, 2019.

LUSTOSA, Maria das Graças Osório P. Reforma Agrária à Brasileira: política social e pobreza. São Paulo, 2012. Cortez.

MARX, Karl; ENGELS, Freidrich. A Ideologia Alemã: crítica da mais recente filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e Stirner. Tradução: Milton Camargo Mota. Petrópolis , RJ. Vozes, 2019.

NAKATANI, Paulo; FALEIROS, Rogério Naques; VARGAS, Neide César. Histórico e os limites da reforma agrária na contemporaneidade brasileira. In: Revista Serviço Social & Sociedade. Nº 110 Abril/Junho. São Paulo: 2012

IAMAMOTO, Marilda Vilela. O Serviço Social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. São Paulo, Cortez, 2008.

______, Marilda Vilela. Os espaços sócio-ocupacionais do Assistente Social. In: Serviço Social: direitos e competências profissionais. Brasília: CEFESS/ABEPSS, 2009, p. 341-375

______, Marilda Vilela; CARVALHO, Raul de. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil: Esboço de uma interpretação histórico-metodológica. São Paulo, 2013. Cortez.

SANTOS, Amanda Farias dos Santos; LUSA, MailizGaribotti. Política Agrária: Extensão Rural e Serviço Social, a Equação Possível. In: Temporalis, nº 28. 2014. Disponível em POLÍTICA AGRÁRIA: EXTENSÃO RURAL E SERVIÇO SOCIAL, A EQUAÇÃO POSSÍVEL | Temporalis (ufes.br) acesso em 02 de março de 2022

Downloads

Publicado

2022-08-08

Como Citar

Andrade Araújo Lisboa, M. F. . (2022). O SERVIÇO SOCIAL NA EXTENSÃO RURAL: CONTRARREFORMA E REBATIMENTOS. Revista Serviço Social Em Perspectiva, 6(Especial), 145–157. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/sesoperspectiva/article/view/5615

Edição

Seção

Comunicação Oral - Serviço Social, Trabalho e Formação

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.