A MULHER TRANS COMO PONTO DE CONVERGÊNCIA ENTRE O MOVIMENTO FEMINISTA E O MOVIMENTO LGBT

Autores

  • LARISSA NORONHA CHAVES

Palavras-chave:

Movimento feminista, Movimento LGBT, Gênero, Patriarcado, Mulher trans.

Resumo

O artigo se propõe a estudar as semelhanças entre as lutas do movimento feminista
e do movimento LGBT. A análise se pauta na investigação histórica e as bandeiras
de cada um dos movimentos. Busca identificar os conceitos de gênero e patriarcado
para orientar o estudo baseado nas mulheres trans.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CARVALHO, Mário. CARRARA, Sérgio. Em direção a um futuro trans?
Contribuições para a história do movimento de travestis e transexuais no Brasil. In:
Sexualidad, Salud e Sociedad, Revista Latinoamericana ISSN 1984-6487 / N.14,
ago. 2014. p. 319-351. Disponível em
<http://www.scielo.br/pdf/sess/n14/a15n14.pdf> Acesso em 13 de março de 2018.
FACCHINI, Regina. FERREIRA, Carolina B. de Castro. Medicalização, sexualidade
e gênero: sujeitos e agenciamentos. In: Sexualidad, Salud e Sociedad, Revista
Latinoamericana ISSN 1984-6487 / N.14, ago. 2013. Dossier n. 2 - p. 164 - 171.
Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/sess/n14/a08n14.pdf > Acesso em 13 de
março de 2018.
FERRAZ, Thais.Conheça A História Do Movimento Pelos Direitos LGBT. Politize!,
Publicado em: 28 de junho de 2017. Disponível em <http://www.politize.com.br/lgbthistoria-movimento/ > Acesso em 13 de março de 2018.
JESUS, Jaqueline Gomes de. Orientações sobre a população transgênero:
conceitos e termos. Brasília: Autor, 2012.
PINTO, Céli Regina Jardim. Feminismo, história e poder. Revista de Sociologia e
Política,
Curitiba, v. 18, n. 36, jun. 2010, p. 15-23.
POMPEU, Ana. Direito à Autodeterminação: STF autoriza pessoa trans a mudar
nome mesmo sem cirurgia ou decisão judicial. Consultor Jurídico. Publicado em: 1º
de março de 2018. Disponível em <https://www.conjur.com.br/2018-mar-01/stfautoriza-trans-mudar-nome-cirurgia-ou-decisao-judicial > Acesso em 13 de março de
2018.
SAFFIOTI, Heleieth. Gênero, patriarcado, violência. 2ª ed. São Paulo: Expressão
Popular: Fundação Perseu Abramo, 2011, p.44-62.
SCOTT, Joan. Gender: a useful category of historical analyses. New York,
Columbia University Press. 1989. TRADUÇÃO: Christine Rufino Dabat e Maria
Betânia Ávila, p. 2-5.
SCOTT, Joan W. O enigma da igualdade. Estudos Feministas, Florianópolis, 13(1):
216,
janeiro-abril/2005, p. 11-30.
SOARES, Vera. Movimento Feminista: paradigmas e desafios. Estudos Feministas.
Ano 2,
2ª semestre, 1994, p. 13-24.
SOIHET, Rachel. História, Mulheres, Gênero: contribuições para um debate. In:
AGUIAR, Neuma. (Org.). Gênero e ciências humanas: desafio às ciências desde a
perspectiva das mulheres. Rio de Janeiro: Record: Rosa dos Tempos, 1997, p. 95-
114

Downloads

Publicado

2020-03-21

Como Citar

NORONHA CHAVES, L. (2020). A MULHER TRANS COMO PONTO DE CONVERGÊNCIA ENTRE O MOVIMENTO FEMINISTA E O MOVIMENTO LGBT. Revista Serviço Social Em Perspectiva, 2(Especial), 523-534. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/sesoperspectiva/article/view/1456

Edição

Seção

Mesa Coordenada Temática - Tecendo Caminhos para diversidade: gênero, raça