A ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-SINDICAL DOS ASSISTENTES SOCIAIS: CATEGORIA PROFISSIONAL OU RAMO DE ATIVIDADE ECONÔMICA?

Autores

  • JULIANO ZANCANELO REZENDE

Resumo

O presente trabalho busca apresentar a discussão acerca da organização sindical dos assistentes sociais no Brasil, considerando a relação do movimento sindical da categoria, imerso na efervescência política de reabertura democrática, com o movimento que provocou acúmulo para o processo de ruptura com o conservadorismo no Serviço Social brasileiro. Também pretende analisar o processo de transição da organização sindical dos assistentes sociais, de categoria profissional para ramo de atividade econômica, apresentando a tentativa de tal transição, caracterizada como inconclusa, dada não somente as questões particulares da categoria profissional, mas também os impactos neoliberais para o sindicalismo no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABRAMIDES, Maria B. C. A organização político-sindical dos assistentes sociais: trajetória de lutas e desafios contemporâneos. Serviço Social & Sociedade, São Paulo, n. 97, p. 85-108, out./dez. 2009.
______, Maria B. C. e CABRAL, Maria do Socorro. A organização política do serviço social e o papel da CENEAS/ANAS na virada do serviço social brasileiro. Brasília: CFESS, p.55-78, 2009.
______, Maria B. C. Movimento Sindical e Serviço Social: organização sindical por ramo de atividade ou por categoria profissional. Ed. Cortez, São Paulo, p.230-244, 2014.
AGUENA, Paulo. O Marxismo e os Sindicatos – Marx, Engels, Lênin e Trótsky. Ed. Sundermann, São Paulo, 2008, p. 63 – 92.
ANTUNES, Ricardo L.C. – O que é sindicalismo, Ed. Abril S. A. Cultural, São Paulo, 1985. 95 p.
BADARÓ, Marcelo Mattos. Trabalhadores e sindicatos no Brasil. São Paulo, SP: Expressão Popular, 2009. 160 p.
CARDOSO, Renata de Oliveira. Notas sobre a organização político-sindical dos assistentes sociais na atualidade. Temporalis, Brasília (DF), ano 16, n.32, jul/dez. 2016.
Federação Nacional dos Assistentes Sociais. Disponível em: http://www.fenas.org.br/ - Acesso em 29/08/2017.
NETTO, José Paulo. Ditadura e Serviço Social: uma análise do serviço social no Brasil pós-64 – 4. Ed – São Paulo: Cortez, 1998. 309 p.

Downloads

Publicado

2020-03-17

Como Citar

ZANCANELO REZENDE, J. (2020). A ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-SINDICAL DOS ASSISTENTES SOCIAIS: CATEGORIA PROFISSIONAL OU RAMO DE ATIVIDADE ECONÔMICA?. Revista Serviço Social Em Perspectiva, 2(Especial), 110-123. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/sesoperspectiva/article/view/1071

Edição

Seção

Comunicação Oral - Lutas de Classes e Movimentos Sociais