Utilização da aprendizagem baseada em problemas (ABP) para o desenvolvimento do pensamento crítico (PC) em Matemática: uma revisão teórica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/emd.e202111

Palavras-chave:

Metodologías de Enseñanza, Pensamiento Crítico, Educación Matemática

Resumo

A necessidade de desenvolver um pensamento crítico é uma habilidade necessária a todas a pessoas e a todos os temas. Na Matemática essa necessidade também existe, todavia, esse desenvolvimento cognitivo superior depende de uma abordagem de ensino capaz disso. No caso deste artigo o objetivo foi, por meio de ampla revisão teórica (bibliográfica e documental), determinar se a Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) é capaz de fomentar o desenvolvimento do pensamento matemático crítico. Segundo o estudo, diversos autores têm explorado o uso da ABP para o ensino da Matemática em assuntos específicos. Contudo, como resultado da ABP são percebidos incrementos, em diversas magnitudes, na capacidade cognitiva e crítica observada. Isso, por sua vez, reforça o potencial da ABP como instrumento didático seja para o ensino de Matemática, seja para o desenvolvimento do pensamento crítico dos educandos envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AINI, Nur Rohmatul; SYAFRIL; Syafrimen; NETRIWAT; Netriwati; PAHRUDIN, Agus; RAHAYU, Titik; PUSPASARI, Vinda. Problem-Based Learning for critical thinking skills in Mathematics. Journal of Physics: Conference Series, p. 1-8, 2019.

ANDREATTA, Cidmar; ALLEVATO, Norma Sueli Gomes. Aprendizagem matemática através da elaboração de problemas em uma escola comunitária rural. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 4, n. 10, p.1-28, 2020.

BACICHI, Lilian; MORÁN, José. Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. São Paulo: Penso, 2017.

BARBOSA, Elen Aleixo. O uso da metodologia da problematização para o desenvolvimento do pensamento crítico. 2018. 216f. Dissertação (Mestrado em Educação) — Centro Universitário Adventista de São Paulo. Engenheiro Coelho.

BLASS, Leandro; IRALA, Valesca Brasil. O uso da Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) como metodologia de ensino em aulas de Cálculo Numérico. Revista de Educação Matemática, v.17, p. 1-24, 2020.

BROUSSEAU, Guy. La théorie des situations didactiques en Mathématiques. Grenoble: La Pensée Sauvage,1998.

BRUNER, Jerome Seymour. O processo da Educação. Tradução de Lólio Lourenço de Oliveira. São Paulo: Nacional, 1976.

CARDOSO, Marcus Algusto Martins. Transposição e ressignificação das metodologias ativas para o Ensino Médio, à luz das políticas educacionais brasileiras. 2017. 96f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento Local) — Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória. Vitória.

COELHO, Antônia Ediele de Freitas; MALHEIRO, João Manoel da Silva. Habilidades cognitivas em processos formativos de professores da educação básica na aprendizagem baseada em problemas. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 24, n. 2, p. 163-180, maio/ago. 2019.

CORTEZ, Arnaldo Ortega. Efecto de una metodología de Aprendizaje Basado en Problemas (ABP), sobre el rendimiento académico de alumnos universitarios, Arica-Chile. 2018. 96f. Tese (Doctorado en Educación) — Escuela de Posgrado. Universidad Privada de Tacna. Tacna.

D’AMBRÓSIO, Ubiratan. Educação Matemática: da teoria à prática. Campinas: Papiros, 1996.

DÍAZ, Jaider Genes; POLO, Federico Nájera; TORO, Stella Monroy. Metodologías activas para la solución de problemas al enseñar Matemáticas Financieras. Omnia, v. 23, n. 1, p. 44-58, jan./abr. 2017.

DOS SANTOS, Anselmo Amaro. Intervenção educativa piloto para o ensino do pensamento crítico por docentes de Enfermagem. 2018. 246f. Tese (Doutorado em Enfermagem na Saúde do Adulto) — Escola de Enfermagem. Universidade de São Paulo. São Paulo.

DUCH, Barbara J.; GROH, Susan E.; ALLEN, Deborah E. The power of problem-based learning: a practical “how to” for teaching undergraduate courses in any discipline. Sterling: Stylus Publishing, 2001.

FLICK, Uwe. Introdução à Pesquisa Qualitativa. Tradução de José Elias Costa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FLOREZ, Ibeth Castro; SANDOVAL, Hugo Parra. Habilidades de pensamiento: una mirada desde la perspectiva de Angel Villarini. Omnia, v. 21, n. 3, p. 41-53, sep./dic. 2015.

GIBBS, Grahan. El análisis de datos cualitativos en investigación cualitativa. Madrid: Ediciones Marota, 2012.

GODOY, Elenilton Vieira; ALMEIDA, Eustáquio de. A evasão nos cursos de Engenharia e a sua relação com a Matemática: uma análise a partir do COBENGE. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 1, n. 3, set./dez. 2017.

GUISSO, Diego Peterle; CESCONETTO, Laisi Bellon; FIORESI, Solange Aparecida Mauro; LEITE, Ângela Maria. Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) no Ensino Superior: concepções introdutórias. Intelletto, Venda Nova do Imigrante, v. 4, n. 3, p. 23-29, 2019.

GUZZO, Guilherme Brambatti; LIMA, Valderez Marina do Rosário. O desenvolvimento do pensamento crítico na educação: uma meta possível? Educação Unisinos, São Leopoldo, v. 22, n. 4, p. 334-343, out./dez. 2018.

HOLGAARD, Jette Egelund; PETERSEN, Lone Stub; GUERRA, Aida; KOLMOS, Anette. Control del problema en un entorno de PBL. In: MESA, Fernando Rodríguez; KOLMOS, Anette; GUERRA, Aida. Aprendizaje basado en problemas en Ingeniería: teoria y práctica. Aalborg: Aalborg Universit Press, 2017, p. 130-167.

HUNG, Woei. The 3C3R Model: a conceptual framework for designing problems in PBL. Interdisciplinary Journal of Problem-Based Learning, v. 1, n. 1, p. 55-77, 2006.

HUNG, Woei. The 9-step problem design process for problembased learning: application of the 3C3R model. Educational Research Review, v. 4, n. 2, p. 118-141, 2009.

JERÔNIMO, Natália da Silva; ZANETTE, Eliza Netto; SCHNEIDER, Michele Domingos. A Matemática na Educação à Distância: possibilidade de uso de metodologias ativas de aprendizagem. In: SEMINÁRIO DE INTEGRAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DE PESQUISAS E PRÁXIS PEDAGÓGICA EM MATEMÁTICA, 7, 2019, Criciúma. Anais... Criciúma: UNESC, 2019, p. 24-27.

LIMA, Gerson Zanetta de; LINHARES, Rosa Elisa Carvalho. Escrever bons problemas. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 32, n. 2, p. 197-201, abr./jun. 2008.

LIPMAN, Mathew. Critical thinking: what can it be? Educational Leadership, v. 1, n. 1, p. 38-43, 1988.

LOPES, Renato Matos; ALVES, Neila Guimarães; PIERINI, Max Fonseca; SILVA FILHO, Moacelio Veranio. Características gerais da Aprendizagem Baseada em Problemas. In: LOPES, Renato Matos, SILVA FILHO, Moacelio Veranio; ALVES, Neila Guimarães. (Org). Aprendizagem baseada em problemas: fundamentos para a aplicação no Ensino Médio e na formação de professores. Rio de Janeiro: Publiki, 2019, p. 47-74.

MANRIQUE, María Soledad; TROUSSEL. Lorena Sánchez. Más allá del pensamiento crítico: el trabajo sobre pensamento y emoción em formación docente. Didac, n. 64. p. 51-57, 2014.

MARQUES, Ramiro. Dicionário Breve de Pedagogia. Lisboa: Editorial Presença. 2008.

MASOLA, Wilson de Jesus; ALLEVATO, Norma Suely Gomes. Dificuldade da aprendizagem Matemática: algumas reflexões. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 3, n. 7, p. 52-67, jan./abr. 2019.

MAULIDIYA, Maulidiya; NURLAELAH, Ela. The effect of problem based learning on critical thinking ability in Mathematics Education. Journal of Physics: Conference Series, p. 1-4, 2019.

MENDES DA SILVA, Ivoneide; LINS, Walquiria Castelo Branco; CARNEIRO LEÃO, Marcelo Brito. Avaliação da aplicação da metodologia aprendizagem baseada em problemas na disciplina de tecnologia da informação e comunicação no ensino de Química. Educación Química, v. 30, n. 3, p. 64-78, 2019.

MORALES BUENO, Patrícia. Aprendizaje basado en problemas (ABP) y habilidades de pensamiento crítico ¿una relación vinculante? Revista Electrónica Interuniversitaria de Formación del Profesorado, v. 21, n. 2, p. 91-108. 2018.

MORÁN, José. Educação híbrida: um conceito chave para a educação de hoje. In: BACICHI, Lilian; TANZI NETO, Adolfo; TREVISANI, Fernando Mello. (Org.). Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015b, p. 27-45.

MORÁN, José. Mudando a educação com metodologias ativas. In: SOUZA, Carlos Alberto de; MORALES, Ofélia Elisa Torres. (Org.). Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. v. 2. Ponta Grossa: UEPG, 2015a, p. 15-33.

MULYANTO, Heri; GUNARHADI, Gunarhadi; INDRIAYU, Mintasih. The effect of problem based learning model on student mathematics learning outcomes viewed from critical thinking skills. International Journal of Educational Research Review, v. 3, n. 2, p. 37-45, 2018.

MUÑOZ CHOQUE, Pablo Emerson. Desarrollo de competencias financieras a través de la técnica de resolución de problemas en los estudiantes de la Facultad de Contabilidad de la Universidad de Ciencias y Humanidades (UCH). 2019. 127f. Disertación (Magister en Ciencia de la Educación) — Facultad de Contabilidad de la Universidad de Ciencias y Humanidades. Universidad Nacional de Educación Enrique Guzmán y Valle. Lima.

OLIVEIRA, Flávio Rodrigues de; COSTA, Maria Luisa Furlan; TORTORELI, Adélia Cristina; SANTOS, Ana Paula de Souza. Metodologias ativas e a Pedagogia: o Problem-Based Learning na prática curricular. Revista Aproximação, Guarapuava, v. 2, n. 3, p. 59-63, 2020.

PAZÁN, Emma Georgina Gomes; FLORES, Jorge R. El Aprendizaje Basado em Problemas y el uso del Paquete Estadísdico R em la interpretación de las Gráficas de Control. Espirales, Guayaquil, v. 3, n. 26, p. 81-87, 2019.

PHILLIPS, Janet M. Strategies for active learning in online continuing education. Journal of Continuing Education in Nursing. v. 36, n. 2. p. 77-83. 2005.

PINHO. Luis Antônio de; LOPES, Renato Matos. A construção do problema na Aprendizagem Baseada em Problemas. In: LOPES, Renato Matos; SILVA FILHO, Moacelio Veranio; ALVES, Neila Guimarães. Aprendizagem baseada em problemas: fundamentos para a aplicação no Ensino Médio e na formação de professores. Rio de Janeiro: Publiki, 2019, p. 75-116.

ROMERO, Adrian Santiago Aguinaga. Propuesta de actividades mediante la metodología ABP para la conceptualización del cálculo integral. 2019. 112f. Disertación (Magister en Docencia Matemática Universitaria) — Facultad de Ingeniería, Ciencias Físicas y Matemática. Universidad Central del Ecuador. Quito.

SIEGEL, Harvey. Educating reason: rationality, critical thinking and education. Nova York, Routledge, 1988.

SKOVSMOSE, Ole. Desafios da Educação Matemática Crítica. Tradução de Orlando de Andrade Figueiredo e Jonei Cerqueira Barbosa. Campinas: Papirus, 2008.

SKOVSMOSE, Ole. Educação Crítica: incerteza, Matemática, responsabilidade. Tradução de Maria Aparecida Viggiani Bicudo. São Paulo: Cortez, 2007.

SOUZA, Débora Vieira. O uso de problemas matemáticos no Ensino Superior sob o viés da Aprendizagem Baseada em Problemas. Revista de Educação Matemática, São Paulo. v. 16, n. 22, p. 270-283, maio/ago. 2019.

TALBERT, Robert. Flipped learning na universidade: guia para utilização da aprendizagem invertida no Ensino Superior. Tradução de Sandra Maria Mallman da Rosa. Porto Alegre: Penso, 2019.

TORP, Linda; SAGE, Sara. Problems as possibilities: Problem-Based Learning for K-16 Education. Alexandria: ACSD, 2002.

VIANA, Sidney Leandro da Silva; LOZADA, Claudia de Oliveira. Aprendizagem baseada em problemas para o ensino de probabilidade no Ensino Médio e a categorização dos erros apresentados pelos alunos. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 4, n. 10, p. 1-28, 2020.

VILLARINI JUSINO, Ángel. R. Teoría y pedagogía del pensamiento crítico. Perspectivas Psicológicas, v. 4, n. 3-4, p. 35-42, 2003.

WOOD, Daiana F. ABC of learning and teaching in Medicine: Problem-Based Learning. British Medical Journal, v. 326, n. 7384, p. 328-330, fev. 2003.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2021-04-12