Redes discursivas: animais, campo, Matemática escolar e contribuições metodológicas da análise de redes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24116/emd.v3n8a05

Resumo

O presente artigo investiga dez livros didáticos de Matemática distribuídos entre os anos de 2013 a 2018 em escolas do campo no Brasil no âmbito do Programa Nacional do Livro Didático em sua versão para o Campo, o PNLD Campo. As análises tomam os Estudos Animais como mote para discutir as subjetividades produzidas neste contexto. As teorizações foucaultianas são adotadas para examinar as redes discursivas descritas e inquiridas a partir do uso de dois softwares de análise qualitativa e quantitativa, o Atlas TI e o Gephi. A articulação da teorização empregada com os softwares se ampara na análise do conceito conectado. Os resultados mostram que os animais são posicionados nesses materiais ora como dispositivo pedagógico, a fim de captar a atenção e engajamento dos estudantes em seus processos de ensino e de aprendizagem da Matemática escolar, ora os engajam em um processo de exploração de suas vidas para sustentar uma racionalidade que distribui, organiza e mantém políticas da vida e da morte.

Palavras-chave: Animais. Campo. Matemática Escolar. Análise de Redes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério de Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Guia PNLD Campo 2016: Educação do Campo, Ensino Fundamental, Anos Iniciais. Brasília: MEC/FNDE, 2015.

FISCHER, Rosa Maria Bueno. Foucault revoluciona a pesquisa em Educação? Perspectiva, Florianópolis, v. 21, n. 2, p. 371-389, jul./dez. 2003.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Tradução de Luiz Felipe Baeta Neves. 7. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Tradução de Roberto Machado. 13. ed. Rio de Janeiro: Editora Graal. 1998

FOUCAULT, Michel. O sujeito e o poder. In. DREYFUS, Humbert L.; RABINOW, Paul. (Ed.). Michel Foucault, uma trajetória filosófica: para muito além do estruturalismo e da hermenêutica. Tradução de Vera Portocarrero e Gilda Gomes Carneiro. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

FRIEDRICH, Daniel. Historical consciousness as a pedagogical device in the production of the responsible citizen. Discourse: Studies in the Cultural Politics of Education, v. 31, n. 5, p. 649-663, oct. 2010.

GIORGI, Gabriel. Formas comuns: animalidade, literatura, biopolítica. Rio de Janeiro: Roco Digital, 2016.

GOMES, Ligia Baptista; CONDEIXA, maria Cecília Guedes; FIGUEIREDO, Maria Teresinha; VIDIGAL, Sônia Maria Pereira. Alfabetização Matemática e Ciências, 2º Ano. São Paulo: Global Editora, 2014a.

GOMES, Ligia Baptista; CONDEIXA, maria Cecília Guedes; FIGUEIREDO, Maria Teresinha; VIDIGAL, Sônia Maria Pereira. Alfabetização Matemática e Ciências, 2º Ano. São Paulo: Global Editora, 2014b.

GUIDA, Angela Maria. Para uma poética do humano e do animal. São Carlos: Pedro & João Editores, 2016.

LINDGREN, Simon. Introducing connected concept analysis: a network approach to big text datasets. Text & Talk, v. 36, n. 3, p. 341-362, may. 2016.

NETO, Vanessa Franco; VALERO, Paola; GUIDA, Angela Maria. Anthropomorphism as a pedagogical device in Mathematics textbooks for Countryside Brazil. In: INTERNATIONAL MATHEMATICS EDUCATION AND SOCIETY CONFERENCE, 10, 2019. Proceedings of the MES 10. Hyderabad, 2019, p. 1-10.

NETO, Vanessa Franco; VALERO, Paola. The mathematics textbook for rural population in Brazil: learning to be a modernized farmer. In: CONFERENCE OF THE INTERNATIONAL GROUP FOR THE PSYCHOLOGY OF MATHEMATICS EDUCATION, 42, 2018, Umea. Proceedings of the PME 42. Umea University, 2018, p. 411-418.

VALERO, Paola. Human capitals: school Mathematics and the making of the homus oeconomicus. Journal of Urban Mathematics Education, v. 11, n. 1&2, p. 103-117, dec. 2018.

VEYNE, Paul. Foucault: seu pensamento, sua pessoa. Tradução de Marcelo Jacques de Morais. Lisboa: Edições Texto & Grafia, 2009.

VIZACHRI, Tânia Regina. Estudos Culturais e Estudos Animais na compreensão da representação dos animais. 6º SEMINÁRIO BRASILEIRO DE ESTUDOS CULTURAIS E EDUCAÇÃO e 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS CULTURAIS E EDUCAÇÃO, 2015, Canoas. Anais do 6º SBECE e do 3º SIECE: Educação, transgressões e narcisismos. Canoas: ULBRA/UFRGS, 2015, p. 52-60.

WEIL, Kari. Thinking Animals: why animal studies now? New York: Columbia University Press, 2012.

Publicado

2019-05-01

Edição

Seção

Artigos