A DEMOCRACIA BRASILEIRA E A URGÊNCIA DA RELAÇÃO ENTRE SERVIÇO SOCIAL E OS MOVIMENTOS SOCIAIS

Gustavo Gonçalves Fagundes, Juliana Vieira Menas

Resumo

Para esta análise, leva-se em consideração o caráter dependente da formação capitalista da América Latina e suas expressões na contemporaneidade em especial, frente à conjuntura de retrocessos no âmbito da democracia brasileira. Há uma breve análise do contexto de avanço da agenda neoliberal no Brasil e também do recrudescimento dos mecanismos de coersão da democracia burguesa. Resgata-se brevemente a trajetória de construção do projeto profissional do Serviço Social brasileiro compreendendo os avanços do movimento de reconceituação do Serviço Social latino americano. Desenvolve-se a articulação da categoria profissional com os movimentos sociais vinculados à classe trabalhadora enquanto elemento determinante tanto para o processo de construção do projeto ético-político profissional brasileiro quanto para a superação dos desafios impostos pelas contradições da totalidade histórica. Além disso, é feita uma reflexão sobre as possibilidades de desenvolvimento da formação profissional a partir do aprofundamento da relação entre a categoria e o conjunto dos movimentos sociais, principalmente frente aos limites impostos pelo atual estágio da democracia brasileira.

Palavras-chave

Serviço Social; Movimentos Sociais; Projeto ético-político;

Texto completo:

PDF
Facebook

Visualizações do PDF:

40 views


Visualizações do Resumo:

85 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.