Sobre a implantação do curso de Serviço Social na Universidade de São Paulo

Alice Abi-Eçab

Resumo

Resumo: a proposta do artigo é discutir a questão da ausência do curso de graduação em Serviço Social em uma das mais renomadas academias latino-americanas: a Universidade de São Paulo. Trata-se de uma pesquisa documental e bibliográfica, pioneira acerca do objeto, a qual culminou na dissertação de mestrado que versa sobre a urgente necessidade de problematizar o quadro exposto, sabendo-se que já existe um projeto pedagógico completo alinhado ao projeto ético-político profissional, cujo foi publicado na revista Temporalis no ano de 2002. À luz da teoria social marxista (materialismo histórico e dialético), o artigo analisa os fenômenos sociais em seu complexo e contraditório processo de produção e reprodução, identificando as forças em confronto no interior dessa dinâmica. O objeto não deve ser analisado como fato em si, mas como parte estrutural do todo social e sob o prisma da defesa de direitos. Como possíveis motivos para a não implantação, apontam-se a correlação de forças no ambiente institucional da Universidade de São Paulo e a desmobilização da categoria profissional de assistentes sociais na luta pela efetiva implantação do curso.

Palavras-chave

Curso de graduação; Serviço Social; Ensino superior público; Universidade de São Paulo; Função social da universidade pública.

Texto completo:

Visualizar PDF

Referências

ABEPSS-Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social. Diretrizes e política de ações para o biênio 2011-2012. Diretoria Nacional, Gestão 2011-2012, s.d.a, [s.p.] Disponível em: . Acessado em: 24 Set. 2017.

ABEPSS-Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social. Plano de trabalho da Gestão 2011/2012. Diretoria Nacional, Gestão 2011-2012, s.d.b. Disponível em: . Acessado em: 20 Set. 2017.

ABEPSS-Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social. O protagonismo da ABEPSS no passado e no presente: 30 anos de lutas. Diretoria Nacional, Gestão 2009-2010, s.d.c, p. 1-15. Disponível em: . Acessado em: 23 Set. 2017.

ABEPSS-Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social. Diretrizes e política de ações para o biênio 2011-2012. Diretoria Nacional, Gestão 2011-2012, 09 Dez. 2010. Disponível em: . Acessado em: 19 Set. 2017.

ABI-EÇAB, A. A luta pela implantação do curso de Serviço Social na Universidade de São Paulo: uma aproximação analítico-crítica. III Encontro da Região da América Latina e Caribe: Estado e Política Social – Desafios e Oportunidades para América Latina e Caribe Trabalho Social. III Seminário Preparatório para a Conferência Mundial sobre Bem-Estar Social 2014. Federação Internacional de Trabalhadores Sociais (FITS), Uruguai, Montevidéu, mai. 2013.

ABI-EÇAB, A. Sobre a implantação do curso de Serviço Social na Universidade de São Paulo. 2015. 155 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. 2015.

ABRAMIDES, M. B. C. O projeto ético-político profissional do Serviço Social brasileiro. 2006. 406 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. 2006.

BASTOS, P. P. Z. FONSECA, P. C. D. A Era Vargas: desenvolvimentismo, economia e sociedade. São Paulo: Unesp, 2012.

CARDOSO, M. L. Ideologia do desenvolvimento – Brasil: JK-JQ. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

CASSAB, M. A. T. BATISTONI, M. R. A proposta de criação de curso de graduação de Serviço Social – USP. Temporalis, Porto Alegre, a. IV, n. 8, p. 129-149, jul./dez. 2002.

FONSECA, P. C. D. Vargas: o capitalismo em construção. São Paulo: Brasiliense, 1989.

IAMAMOTO, M. V. CARVALHO, R. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil. Esboço de uma interpretação teórico-metodológica. 10ª ed. São Paulo: Cortez, 1995.

IAMAMOTO, Marilda Villela. O Serviço Social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. 7ª ed. São Paulo: Cortez, 2004.

IAMAMOTO, M. V. Serviço social em tempo de capital fetiche: capital financeiro, trabalho e questão social. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 2008.

IPUSP-Instituto de Psicologia da USP. II Encontro de Assistentes Sociais da USP – 17/05/2013 (Manhã). AudVis IPUSP, Vídeos do IPUSP. São Paulo, 2013a. Disponível em: . Acessado em: 5 Jan. 2018.

IPUSP-Instituto de Psicologia da USP. II Encontro de Assistentes Sociais da USP – 16/05/2013 (Manhã). AudVis IPUSP, Vídeos do IPUSP. São Paulo, 2013b. Disponível em: . Acessado em: 5 Jan. 2018.

IPUSP-Instituto de Psicologia da USP. II Encontro de Assistentes Sociais da Universidade de São Paulo: "Conquistas e Desafios". Notícias e Eventos, IPUSP, São Paulo, 2013c. Disponível em:

A2013-05-10-19-48-07&catid=45%3Aeventos&Itemid=83〈=pt>. Acessado em: 5 Jan. 2018.

LESSA, Sergio. Serviço Social e trabalho: do que se trata? Temporalis, v. 1, n. 1, p. 35-58, Brasília, 2000.

MARTINS, C. Brasil tem 7,3 milhões de estudantes universitários, diz MEC. R7 Educação, Brasília, [s.p.], 09 Set. 2014. Disponível em: . Acessado em: 20 Set. 2017.

MEC-Ministério da Educação. Instituições de Educação Superior e cursos cadastrados, e-MEC, s.d. Disponível em: . Acessado em: 21 Set. 2017.

MOTA, Ana Elizabete. Serviço Social brasileiro: profissão e área do conhecimento. Katálysis, Florianópolis, v. 16, n. especial, 2013, [s.p.]. Disponível em:

>. Acessado em: 5 Jan. 2018.

NETTO, J. P. Ditadura e Serviço Social. Uma análise do Serviço Social no Brasil pós-64. 11ª ed. São Paulo: Cortez, 2007.

USP-Universidade de São Paulo. Sala de imprensa. Arquivo ranking, s.d., [s.p.]. Disponível em: . Acessado em: 22 Set. 2017.

VIEIRA, V. L. O trabalhador brasileiro – um caso de policia até 1950: representações sobre os trabalhadores urbanos no período de 30 a 50. 1998. s.n. Tese (Doutorado em História) – Programa de Pós-Graduação em História, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. 1998.

Facebook

Visualizações do PDF:

34 views


Visualizações do Resumo:

98 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.