Estudo de caso da degradação ambiental do rio Gorutuba no município de Francisco Sá
Case study of the Gorutuba river environmental degradation in the municipality of Francisco Sá
Estudio de caso de la degradación del medio ambiente río Gorutuba en el municipio de Francisco Sá

Maria Tereza Pereira dos Santos, Expedito José Ferreira, Maykon Fredson Freitas Ferreira

Resumo

O presente trabalho foi realizado na área compreendida pela bacia hidrográfica do Rio Gorutuba, no município de Francisco Sá – MG, e tem como objetivo analisar o estado de conservação e preservação do terço superior do seu curso d’água principal. Observações em nível local foram realizadas na sua nascente e ao longo do curso d’água até ao seu encontro com o Rio Água Quente, na divisa dos municípios de Francisco Sá, Janaúba e Riacho dos Machados. Os procedimentos metodológicos incluem pesquisas bibliográficas e documentais, observações de campo e elaboração de mapas que permitiram realizar as análises sobre a área estudada. A partir das análises observou-se que a área de estudo apresenta um nível elevado de poluição de suas águas e a ocorrência do processo de degradação da mata ciliar, presentes tanto na nascente e, também, ao longo do curso d’água, em ambas as margens. Observou-se, ainda, a necessidade de adoção de medidas adequadas a serem desenvolvidas pelo poder público, com a participação massiva da população, além de campanhas de educação ambiental sobre a necessidade de preservação e sobre a redução dos impactos ambientais negativos presentes na área estudada.

Palavras-chave

Bacia hidrográfica. Degradação Ambiental. Rio Gorutuba.

Texto completo:

Visualizar PDF

Referências

ARAUJO, G. H. de S.; ALMEIDA, J. R. de, 1950-; GUERRA, A. J. T. Gestão ambiental de áreas degradada. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005. 320p.

BRAGA, Benedito. et al Monitoramento de quantidade e qualidade das águas. In: REBOUÇAS, A.C.; BRAGA, B.; TUNDISI, J. G. Águas Doces no Brasil: capital ecológico, uso e conservação. (org) 3ª. Ed. São Paulo: Escrituras Editora, 145 – 160, 2006.

CASTRO, D. de; MELLO, R. S. P.; POESTER, G. C. Práticas para restauração da mata ciliar. Porto Alegre : Catarse – Coletivo de Comunicação, 2012.

CHAVES, A. Importância da mata ciliar (legislação) na proteção dos cursos hídricos, alternativas para sua viabilização em pequenas propriedades rurais. Passo Fundo. 2009.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas. Volume 1. Rio de Janeiro: IBGE, 1990.

LIMA, W. de P. Hidrologia florestal aplicada ao Manejo de bacias hidrográficas. 2ª Ed. Piracicaba. 2008. 253 p.

LINO, C. F.; DIAS, H. Águas da Mata Atlântica Programa Água e Florestas da Mata Atlântica. São Paulo, 2005, 76 p.

MACHADO, C. J. S.; FERREIRA, J. A.; RITTER, E. A Poluição das Águas Doces: Integrando a Gestão dos Resíduos Sólidos na Gestão dos Recursos Hídricos. In:MACHADO, C. J. S. Gestão de águas doces. Rio de Janeiro: Interciência, 2004.

MENDES, C. A.Técnicas de análise ambiental. In: Avaliação ambiental integrada de bacia hidrográfica / Ministério do Meio Ambiente / SQA. – Brasília: MMA, 2006. Disponível em << http://www.mma.gov.br/estruturas/sqa_pnla/_arquivos/sqa_3.pdf>>.

Acesso em 10/06/2015.

MENDONÇA, F. de A. e LEITÃO, S. A. M. Riscos e vulnerabilidade socioambiental urbana: uma perspectiva a partir dos recursos hídricos. IN: GeoTextos, vol. 4, n. 1 e 2, 2008. 145-163. Disponível em<>. Acesso em 10/06/2015.

MORAES, D. S. L.; JORDÂO, B. Q. Degradação de recursos hídricos e seus efeitos sobre a saúde humana. In: Revista de saúde pública 2002; 36(3): 370-4. Disponível em http://www.rsp.fsp.usp.br/ . Acesso em 15/01/2015.

NUNES, W. A. G. de A. Efeitos da Irrigação com água de poços tubulares e do Rio Gorutuba sobre propriedades de solos da região de Janaúba- MG. – Viçosa: UFV, 2003. 167. : il. Disponível em <> Acesso em 15/06/2015.

OLIVEIRA, M. E. de. e SILVA, I. L. da. Efeitos do fogo sobre o solo.In: Floresta e Ambiente. 1994. Disponível em <

http://www.floram.org/files/v1n%C3%BAnico/v1nunicoa19.pdf>>. Acesso em 10/06/2015.

ORTEGA, D. J. P. Avaliação dos efeitos das atividades antrópicas na bacia hidrográfica do Córrego do Ipê, município de Ilha Solteira – SP. Ilha Solteira: [s.n.], 2011. 151 f. : il.

PIRES, J. S. R.; SANTOS, J. E.; DEL PRETTE, M. E. A utilização do conceito de Bacia Hidrográfica para a Conservação dos Recursos Naturais. In: SCHIAVETTI, A.; CAMARGO, A. F. M. Conceitos de bacias hidrográficas: teorias e aplicações. – Ilhéus, Ba: Editus, 2005. 293p. : Il.

PEREIRA, R. S. Identificação e caracterização das fontes de poluição em sistemas hídricos. In: Revista Eletrônica de recursos Hídricos. IPH- UFRGS. v.1, n. 1. p. 20-36, 2004. Disponível em <> Acesso em 10/06/2015.

SANTOS, G. V.; DIAS, H. C. T.; SILVA, A. P. de S.; MACEDO, M. de N. C. Análise hidrológica e socioambiental da bacia hidrográfica do córrego Romão dos Reis, Viçosa-MG. Revista Árvore (Online), v. 31, n. 5, 2007. Disponível em: Acesso em:16/06/2015.

SETTI, A. A.; LIMA, J. E. F. W.; CHAVES, A. G. de M.; PEREIRA, I. de C. Introdução ao gerenciamento de recursos hídricos. Brasília. 2ª ed. – Agência Nacional de Energia Elétrica, Superintendência de Estudos e Informações Hidrológicas, 2000. 207 p.:il.; 23 cm.

SILVA, A. M.; SCHULZ, H. E. ; CAMARGO, P. B. Erosão e Hidrossedimentologia em Bacias Hidrográficas. São Paulo: Rima, 2003, 2004.

SOUZA, A. C. M.; SILVA, M. R. F. da.; DIAS,N. da S. Gestão de recursos hídricos: o caso da bacia hidrográfica Apodi/Mossoró (RN).In: Revista Irriga.Botucatu:Edição Especial, p. 280 - 296 2012.·.

ZOCCAL, J. C.Soluções cadernos de estudos em conservação do solo e água. Presidente Prudente: CODASP, 2007, v. 1, n.1, mai. 2007. Disponível em <>. Acesso em 11/06/2015

Facebook

Visualizações do PDF:

198 views


Visualizações do Resumo:

294 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.