Mobilidade e transporte público na região metropolitana de Londrina-PR: Entre a institucionalidade e a espacialidade

Vinícius Polzin Druciaki

Resumo

A mobilidade urbano-regional tem merecido destaque nos espaços em processo de metropolização. Na Região Metropolitana de Londrina-RML, o único modo vigente de transporte público que atende a essa mobilidade é o Transporte Rodoviário Metropolitano do Interior-TRM. Fatores como a falta de efetivação da região metropolitana, e a ausência de planejamento nessa escala, comprometem a mobilidade pelo transporte público, distoando daquilo que foi preconizado na criação do recorte espacial institucional.  Diante disso, problemas pontuais vivenciados pelos usuários do sistema são reflexos de questões estruturais de ordem política, técnica e econômica.  

Palavras-chave

Transporte público; Mobilidade; Londrina; Região Metropolitana.

Texto completo:

Visualizar PDF

Referências

DOI:https://doi.org/10.22238/rc24482692v14n12016p03a29

ASCHER, F. Métapolis ou l’avenir dês Villes. Paris: Odile Jacob, 1995.

BRAGUETO, Claudio R. O aglomerado urbano-industrial de Londrina: sua constituição e dinâmica industrial. 2007. 266 f. Tese (doutorado em Geografia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo – USP. São Paulo, 2007.

CARDOZO, Sérgio, B. Metropolização do Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal do Estado do Paraná. 2004.46f. Monografia (especialização em planejamento de transporte) - Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2004.

CUNHA, Fabio Cesar. A Metrópole de Papel: Representação “Londrina Metrópole” na institucionalização da Região Metropolitana de Londrina. 2005. 239 f. Tese (doutorado em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista. Presidente Prudente, 2005.

_____. A Letargia das Regiões Metropolitanas do Interior do Paraná. In: XII Simpósio Nacional de Geografia Urbana, 2013, Rio de Janeiro. Anais. 2013.

DEPARTAMENTO DE ESTRADAS E RODAGEM. Regulamento do transporte coletivo rodoviário intermunicipal de passageiros do Estado do Paraná. Curitiba, 2000.

______. Anuário Estatístico do Sistema do Transporte Coletivo Metropolitano do Interior Intermunicipal de Passageiros do Estado do Paraná (ano base 2010). Curitiba. 2011.

DRUCIAKI, Vinicius P. As (des) articulações de Guarapuava com Maringá e Londrina: Uma análise a partir da rede de transporte rodoviário de passageiros. Dissertação (mestrado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2009. 230 f.

_____. Aspectos Estruturais E Regulatórios Do Transporte Rodoviário De Passageiros-TRP Intermunicipal: O Estado e os Agentes Econômicos. In: IX Enanpege, 2011, Goiânia-GO. A pesquisa e a produção geográficas: o pulsar no tempo e no espaço, 2011. v. 1. p. 1-8.

_____. Transporte Público Metropolitano nas Regiões Metropolitanas de Londrina e Maringá sob a ótica da Mobilidade Espacial. 2014. Tese (doutorado). Universidade Estadual Paulista. Instituto de Geociências. Rio Claro, 2014.

FARAH, Marta F. Gestão pública local, novos arranjos institucionais e articulação urbano-regional. In: GONÇALVES, M.; BRANDÃO, C.; GALVÃO, A. Regiões e cidades, cidades nas regiões: o desafio urbano-regional. São Paulo. Unesp. 2003.

FERRAZ, A. C. P.; TORRES, I. G. E. Transporte público urbano. São Carlos: Rima, 2004.

FRESCA, T. M. A rede urbana do norte do Paraná. Londrina: Eduel, 2004.

______. A rede urbana norte-paranaense e cidades especializadas em produções industriais: Arapongas, Apucarana e Cianorte. In: ENCONTRO DE GEÓGRAFOS DA AMÉRICA LATINA, 10, 2005, São Paulo. Anais... São Paulo, 2005, p. 5554-5574.

______. O conceito de metrópole: um resgate. In: IX Enanpege, 2011, Goiânia-GO. A pesquisa e a produção geográficas: o pulsar no tempo e no espaço, 2011. v. 1. p. 1-8.

FOLHA DE LONDRINA. Integração do transporte demora a sair do papel. Londrina, p.4, 28.fev.2008.

______. Integração no metropolitano só com cartão. Londrina, p.7, 25.mai.2011.

______. Região metropolitana, só no papel. Londrina, p.3, 12.dez.2011a.

GAZETA DO POVO. Maringá e Londrina dão os primeiros passos com as cidades vizinhas para formar regiões metropolitanas. Curitiba, p.15, 23.mai.2004.

IBGE. Censo Demográfico 2010: Características da população e dos domicílios. Resultado do Universo. Rio de Janeiro. IBGE. 2011.

JORNAL DE LONDRINA. O transporte publico intermunicipal. Londrina, p.5A, 2.mar. 2003.

_______. Projeto sai do papel só ano que vem. Londrina, p.5A, 30.mai. 2004.

KELLERMAN, Aharon. Mobility or Mobilities: Terrestrial, virtual and aerial categories or entities? In: Journal of Transport Geography. v.19. n4. 2011. p.729-737.

MEIRELLES, H. L. Licitação e contrato administrativo. 13. ed. São Paulo: Malheiros, 2003.

MOURA, Rosa; FIRKOWSKI, Olga L. C. de Freitas. Metrópoles e Regiões Metropolitanas: O que isso tem em comum? In: Anais dos Encontros Nacionais da Anpur. Disponível em: http://unuhospedagem.com.br/revista/rbeur/index.php/anais/article/view/2144

PARANÁ. Secretaria de Estado do Planejamento. Coordenação de Integração Regional. Parecer. Projeto de Lei Complementar 357/97, que institui a Região metropolitana de Londrina. Curitiba, 03 jun. 1998.

REGIÃO de Influência das Cidades 2007. Rio de Janeiro: IBGE, 2008. (CD-ROM).

SOUZA, Marcelo L. ABC do Desenvolvimento Urbano. 5º ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

VEIGA, Léia A. A re-inserção de Jaguapitã-PR na rede urbana norte paranaense: a produção industrial de mesas para bilhar e as interações espaciais. In: Revista UEL Geografia. Londrina, v.19, n.1, p. 131-142.

VERCEZI, Jaqueline Telma. O Meio-Técnico-Científico-Informacional e o espaço relativizado da Região Metropolitana de Maringá. Tese (Doutorado em Geografia) -Universidade Estadual de Maringá. Maringá, 2012.

Facebook

Visualizações do PDF:

163 views


Visualizações do Resumo:

396 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.