A CONFIGURAÇÃO DA DINÂMICA PARTIDÁRIA NA MESORREGIÃO DO SUL E SUDOESTE DE MINAS GERAIS

Zara Rego de Souza, Antonio Carlos Andrade Ribeiro

Resumo

Este trabalho tem por objetivo realizar uma análise descritiva da inserção dos partidos políticos na Mesorregião do Sul e Sudoeste de Minas Gerais utilizando os dados sobre as eleições municipais nos anos de 2000 a 2016. Os dados analisados foram coletados do sítio do TSE, utilizando técnicas de análise quantitativa para a elaboração de tabelas e gráficos. Os achados sugerem que mesmo sendo “deixadas de lado” pelas cúpulas nacionais, conforme a literatura argumenta, as eleições municipais analisadas refletem a existência de um sistema partidário estruturado no Brasil com grandes organizações atuando em cidades pequenas.

Palavras-chave

Eleições Municipais; Partidos Políticos; Sul de Minas

Texto completo:

PDF

Referências

BRAGA, Maria do Socorro. Eleições e democracia no Brasil: a caminho departidos e sistema partidário institucionalizados. Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, nº 4, p. 43-73, jul/dez de 2010.

CARREIRÃO, Yan. Ideologia e partidos políticos: um estudo sobre coligações em Santa Catarina. Opinião Pública, Campinas, vol. 12, nº 1, p. 136-163, abril/maio, 2006.

_______________. O sistema partidário brasileiro: um debate com a literatura recente. Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, nº 14, p. 255-295, mai/ago de 2014.

DOWNS, Anthony. A estática e a dinâmica de ideologias partidárias. In: Uma Teoria Econômica da Democracia. São Paulo: EDUSP, 1999.

IBGE. 2010. Brasil em síntese. Disponível em: . Acesso em 12 de jun de 2017.

KINZO, Maria D’alva. Os partidos no eleitorado: percepções públicas e laços partidários no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, vol. 20, nº 57, fev de 2005.

__________________. Partidos, eleições e democracia no Brasil pós-85. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 19, n. 54, São Paulo, fev. 2004.

LIJPHART, Arend. Modelos de democracia. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira: 2003.

LOPEZ, Félix Garcia. A política cotidiana dos vereadores e as relações entre executivo e legislativo em âmbito municipal: o caso do município de Araruama. Revista de Sociologia Política, Curitiba, nº22, p. 153-177, jun. 2004

MACHADO, Aline. Alianças eleitorais: casamento com prazo de validade: o caso das coligações brasileiras. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

MELO, Carlos Ranulfo. Avaliando vínculos entre partidos e deputados nas Assembleias Legislativas brasileiras. Revista Opinião Pública, Campinas, vol. 21, nº 2, ago de 2015.

RIBEIRO, Pedro Floriano. Organização e poder nos partidos brasileiros: uma análise dos estatutos. Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, nº 10, p. 225-265, jan/abr de 2013.

Facebook

Visualizações do PDF:

15 views


Visualizações do Resumo:

14 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.